Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » COMPLICADO

Jogadores do São Paulo e do Ajax são flagrados em festa clandestina; clube paulista se manifesta!

Blitz encerrou a festa clandestina que contava com mais de 100 pessoas, dentre elas, os atletas do São Paulo e Ajax

Redação Publicado em 28/05/2021, às 08h13

Jogadores do São Paulo e do Ajax são flagrados em festa clandestina
Jogadores do São Paulo e do Ajax são flagrados em festa clandestina - Transmissão TV Globo
No início da madrugada desta sexta-feira, 28, uma ação realizada pelas polícias de São Paulo e do Procon encerrou uma balada clandestina na Zona Leste de São Paulo, com mais de 100 pessoas, dentre os participantes, o atleta do SãoPaulo,Arboleda, e do Ajax, DavidNeres.
 
 
Quando a equipe de fiscalização chegou ao local, o estabelecimento parecia fechado, mas os clientes estavam entrando por uma outra porta. Um vídeo divulgado pela polícia mostra detalhes da operação. Nas imagens é possível ver as pessoas aglomeradas e consumindo bebidas alcoólicas.
 
Quando percebeu a fiscalização, o dono do estabelecimento chegou a distribuir máscaras aos clientes. No entanto, quinze deles, dos 124 que curtiam a balada ilegal, não conseguiram colocar a proteção.
 
Com isso, os jogadores, o proprietário do estabelecimento, funcionários e testemunhas foram levados para uma delegacia. A boate pode ser multada em R$ 200 mil. No DP, eles prestaram depoimento e foram liberados no início da manhã.
 
Os jogadores deixaram a delegacia sem falar com a imprensa.
 
Após o ocorrido, o São Paulo se pronunciou nas redes sociais, e emitiu uma nota lamentando o fato, e ainda indicando que Arboleda passará por um processo de isolamento, caso tenha se contaminado pelo coronavírus.
 
"O São Paulo Futebol Clube lamenta o ocorrido com o jogador Robert Arboleda, nesta madrugada, na Zona Leste, da Capital. Diante de tal fato, o atleta ficará isolado nos próximos dias, sendo testado diariamente até termos a convicção de que não se infectou. O jogador será multado, e a punição administrativa convertida em cestas básicas doadas ao G10 Favelas", publicou o clube.
 

O caso Gabigol

 
Em março deste ano, outro jogador foi pego em um evento clandestino, também realizado em São Paulo. Gabigol curtia uma noite em um cassino junto do MC Gui e de alguns amigos quando a fiscalização chegou.
 
 
Na semana passada, a Justiça extinguiu o processo contra o jogador depois de ele ter pago R$ 110 mil por conta do descumpriu o distanciamento social durante a quarentena em razão da pandemia de coronavírus.

 
 
 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!