Sportbuzz
Testeira
Futebol / VOLTA POR CIMA!

Jô abre o jogo, e revela se tem mágoa da torcida do Corinthians após críticas; confira!

Jô ainda aproveitou para mandar um recado sincero aos torcedores do Corinthians depois da vitória no Brasileirão

Redação Publicado em 06/10/2021, às 09h04

Jô, jogador do Corinthians - GettyImages
Jô, jogador do Corinthians - GettyImages

A 24ª rodada do Brasileirão, realizada na noite desta terça-feira, 5, não poderia ter sido melhor para o Corinthians, e para o atacante . Reencontrando sua torcida, o Alvinegro venceu de virada por 3 a 1, e o jogador ainda conseguiu bater um recorde em campo.

Depois da partida, em entrevista ao canal "Premiere", Jô comemorou o retorno do público ao estádio, e ainda reconheceu a falta que os torcedores fizeram durante todo esse tempo distante, além de comentar seu gol depois de uma seca.

"Alegria muito grande voltar a contar com essa torcida maravilhosa, dá uma motivação maior. A gente reconhece o quanto fazia falta para a gente. Nosso time jogou bem, merecia essa vitória. Saímos atrás do placar, conseguimos essa vitória, esses três pontos. Sou sempre isso aí, sempre sorriso para poder aproveitar as oportunidades", disse o jogador.

Além disso, Jô aproveitou para esclarecer qualquer tipo de polêmica com relação a mágoas com a torcida do Corinthians. O jogador disse que não ficou nada de ruim pelos torcedores que o criticaram durante sua má fase, além de ressaltar todo o apoio que sabe que tem da torcida.

"Não tem mágoa de uma torcida maravilhosa, né? Eu nasci dentro do clube, aceito todos os tipos de crítica, mas sei que a torcida me apoia, isso faz parte do futebol. Como eu falei, voltar a ter eles aqui no estádio é uma motivação maior, sensação já é outra", esclareceu.

Depois de ser muito criticado, e ainda dizer que tinha perdido a confiança, Jô quebrou a marca de maior artilheiro da Neo Química Arena. O camisa 77 chegou a 28 gols no estádio, superando Romero, que ostentava o número até então.

O jogo

Na noite desta terça-feira, 05, Corinthians e Bahia se enfrentaram na abertura da 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. De um lado, o Timão queria se aproximar dos primeiros colocados. Do outro, o Tricolor de Aço buscava sair da zona do rebaixamento.

Apesar do esforço do time visitante, o Corinthians soube usar a força da torcida para virar o placar e garantir a vitória diante do Bahia pelo placar de 3 a 1. Agora, o Timão soma 37 pontos e ocupa a quarta colocação na tabela do Campeonato Brasileiro.

Primeiro tempo

No primeiro tempo, o Corinthians se empolgou com o retorno dos torcedores e logo criou boas chances. Aos quatro minutos, João Victor recebeu cruzamento de Fagner e cabeceou por cima do gol. Aos 12, Roger Guedes arriscou, mas parou na defesa tranquila do goleiro.

Apesar do início agitado, o jogo voltou a ter momentos de emoção na reta final do primeiro tempo. Aos 30, o VAR chamou o juiz para revisar um possível pênalti em cima de Gilberto. Após revisar o lance, o árbitro viu o puxão de Lucas Piton e marcou a penalidade para o Bahia.

Na cobrança, Gilberto deslocou o goleiro e abriu o placar. 1 a 0. Aos 37, Roger Guedes tentou empatar, mas chutou para fora. Atrás do placar, o Corinthians foi ao ataque e teve sucesso. Aos 46, Giuliano finalizou e viu Lucas Araújo colocar a mão na bola dentro da área.

Sem pestanejar, o árbitro apontou a marca da cal e apresentou o segundo cartão amarelo ao jogador do Bahia. Expulso! Na cobrança, Roger Guedes bateu firme, deslocou o goleiro e deixou tudo igual na partida. 1 a 1. Intervalo!

Segundo tempo

Já no segundo tempo, o Corinthians voltou determinado para buscar a vitória e logo teve sucesso. Aos seis minutos, Fagner cobrou falta para dentro da área e encontrou Cantillo, que subiu bonito e deixou o dele. 2 a 1.

Atrás do placar, o Bahia sentiu o fato de ter um jogador a menos e sofreu para se defender. Aos 13 minutos, Giulino recebeu passe e finalizou para boa defesa de Matheus Claus. No rebote, Gabriel Pereira chutou em cima do goleiro.

Com ritmo cadenciado, o Corinthians seguiu criando boas oportunidades. Aos 21, Gabriel Pereira finalizou e parou no goleiro. Dois minutos mais tarde, aproveitou rebote de Matheus Claus e colocou no fundo das redes. 3 a 1.

Com a desvantagem no marcador, o Bahia ainda chegou a assustar no campo de ataque. Aos 27, Óscar Ruiz finalizou e viu Cássio defender. Tranquilo no jogo, o Timão apenas esperou o apito final do juiz para comemorar. 3 a 1. Fim de papo!


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!