Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » PONTUAL!

Jérôme Boateng desabafa sobre preconceitos e faz reflexão: “Ninguém nasce racista”

Craque ainda deu seu ponto de vista sobre a atualidade do esporte, diante da pandemia de COVID-19

Pedro Ungheria Publicado em 20/07/2020, às 08h22

Boateng abre o jogo sobre questões raciais
Boateng abre o jogo sobre questões raciais - GettyImages

Conhecido como um dos grandes nomes desta geração alemã de futebol, Boateng segue escrevendo seu nome na história do Bayern de Munique. Com participações ativas nas conquistas, o volante é uma das peças fundamentais do atual elenco comandado por Pep Guardiola.

Em uma recente entrevista para a própria revista do clube, Jérôme foi bem categórico ao falar sobre a atualidade que estamos vivendo. Questionado sobre a situação do coronavírus, o atleta fez uma breve reflexão e disse que tudo que aconteceu, graças a pandemia, serviu para que as pessoas tivessem um outro ponto de vista sobre a vida.

“Acho que todo mundo teve tempo de pensar em si e na vida um pouco mais profundamente. Como eu realmente vivo minha vida? Posso mudar alguma coisa? Pessoalmente, devo dizer que percebi que às vezes fico muito estressado quando não é necessário. Eu realmente gostei de passar mais tempo com meus filhos, lendo e apenas apreciando o que é importante na vida novamente. Não devemos tomar tudo como garantido o tempo todo. Se houver algo positivo a ser obtido com essa crise, é possível que algumas pessoas tenham acordado, questionado e pensado sobre qual o papel que desejam desempenhar neste mundo”, disse ele.

Boateng, Bayern de Munique (GettyImages)

 

Ainda no assunto de atualidade, considerado um grande ativista das causas negras, Boateng dissertou sobre as mais recentes manifestações que tomaram conta dos Estados Unidos, desde a morte de George Floyd. Antes de qualquer coisa, o jogador afirmou que o processo de conscientização contra o racismo deve começar antes mesmo do que imaginamos.

“É um desenvolvimento muito preocupante e chocante. Eu acho que para muitas pessoas é difícil entender a dor que é desencadeada quando você é tratado de maneira diferente por causa da cor da sua pele ou por causa da sua religião. Eu acho que tudo começa com a educação: ninguém nasce racista. Se você crescer com o ódio, que talvez venha de seus pais, é difícil sair desse ciclo”, começou por dizer.

Completando sua argumentação, o volante afirmou que uma das saídas para este tipo de situação, seria, desde a formação escolar, deixar claro detalhes sobre questões raciais e classificar como errôneo qualquer tipo de preconceito desde este momento.

“Talvez essa questão deva ser abordada mais no currículo escolar - não como um assunto separado, mas simplesmente com mais detalhes na discussão. Esse complexo de exclusão, discriminação e, portanto, tolerância e respeito afeta todas as áreas da vida. E é um tópico que afeta o mundo inteiro. Eu acho importante ensinar às crianças que não há cor de pele melhor ou pior. As pessoas parecem diferentes, caso contrário, seria chato”, finalizou.


5 itens de times internacionais que todo amante do futebol vai querer ter

1- Camisa Juventus 1985 Retrô - https://amzn.to/2JeQQgo

2- Caneca Scandinavia Real Madrid - https://amzn.to/2oh7iWs

3- Porta Tênis c/ 2 divisões Manchester City - https://amzn.to/32GlAin

4- Funko Pop! Paris Saint-Germain Kylian Mbappé - https://amzn.to/2pJkLGO

5- Bola Bolsa Esportiva Barcelona - https://amzn.to/2MGSGsQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!