Sportbuzz
Testeira
Futebol / EUROCOPA

Itália sofre pressão da Espanha, mas vence nos pênaltis e vai à final da Eurocopa

Chiesa abriu o placar para os italianos, mas Morata empatou no final da segunda etapa

Redação Publicado em 06/07/2021, às 17h27 - Atualizado às 18h42

Chiesa comemorando gol da Itália - Getty Images
Chiesa comemorando gol da Itália - Getty Images

Nesta terça-feira, 06, Itália e Espanha se enfrentaram no Estádio de Wembley, na Inglaterra, em jogo válido pela semifinal da Eurocopa 2020. Chiesa abriu o placar em um excelente contra-ataque que começou a ser puxado pelo goleiro Donnarumma. Depois, no fim do segundo tempo, Morata tabelou com Dani Olmo e empatou o jogo para os espanhóis.

Após o empate em 1 a 1 perdurar durante todo o tempo normal e a prorrogação, a Itália venceu nos pênaltis e garantiu a classificação para a grande final da Euro. O adversário dos italianos sairá do confronto entre Inglaterra e Dinamarca, que acontecerá na quarta-feira, também no Estádio de Wembley, às 16h (de Brasília).

ESCALAÇÕES

ITÁLIA: Donnarumma; Di Lorenzo, Bonucci, Chiellini e Emerson; Barella, Jorginho e Verratti; Insigne, Immobile e Chiesa.

ESPANHA: Unai Simón; Azpilicueta, Eric García, Laporte e Jordi Alba; Koke, Sergio Busquets e Pedri; Ferrán Torres, Dani Olmo e Oyarzabal.

 

 

1º Tempo

Logo aos quatro minutos, Emerson fez belo passe em profundidade para Barella, que entrou na área pela esquerda e bateu colocado no poste, mas o assistente marcou o impedimento do italiano na sequência.

A primeira jogada de perigo foi da equipe italiana, mas isso voltou a se repetir apenas no final da primeira etapa, já que durante praticamente todo o primeiro tempo a Espanha trocou passes mantendo a posse de bola, que chegou a 70% em um certo momento, enquanto a Itália marcava firme, mas recuada.

Aos 25 minutos, após um chutão errado de Donnarumma, a Espanha teve a melhor chance de abrir o placar. Dani Olmo recebeu de Mikel Oyarzabal na área e tentou o chute duas vezes. Na segunda, ele bateu no cantinho esquerdo e Donnarumma se redimiu após seu erro e praticou excelente defesa.

A Itália só conseguiu chegar novamente com perigo aos 44 minutos. Insigne invadiu a área pela esquerda, percebeu a ultrapassagem de Emerson e acionou o lateral, que fuzilou de primeira, mas a bola pegou na trave e foi para fora.

2º Tempo

A partida recomeçou da mesma maneira que havia terminado, com a Espanha controlando o jogo enquanto a Itália se preocupava em se defender. Nos 10 minutos iniciais do segundo tempo houve uma chance de perigo para cada lado, Busquets recebeu de Oyarzabal e chutou por cima do gol de Donnarumma e, no lance seguinte, Chiesa recebeu de Immobile e bateu cruzado, mas parou na defesa de Unai Simón.

Aos 15 minutos, em um contra-ataque espetacular, Chiesa abriu o placar para a Itália. Donnarumma começa o contra-ataque, a bola vai para Insigne, que tocou em profundidade, de três dedos, para Immobile. Laporte cortou e ela sobrou para Chiesa, que finalizou colocado no cantinho e abriu o placar na semifinal.

Depois de abrir o placar a Itália se contentou em apenas administrar o resultado e a Espanha partiu para cima. Aos 20, Koke ergueu uma bola na área na direção de Oyarzabal, que errou o cabeceio. Depois, o próprio Oyarzabal dominou lançamento na área, dividiu com Chiellini e a bola sobrou para Dani Olmo, que chegou chutando à esquerda do gol.

Os minutos foram passando e a Itália conseguiu chegar duas vezes com Berardi, que entrou no segundo tempo. Chiesa achou belo passe na área para o atacante, que bateu cruzado de primeira, mas Unai Simón fechou as pernas e evitou o gol italiano. Depois, aos 34, após roubo de bola no ataque, Berardi dominou na meia-lua e bateu colocado, de canhota, mas parou novamente no goleiro espanhol.

Até que, no lance seguinte, saiu o empate espanhol! Morata conseguiu a tabelinha com Dani Olmo pelo meio, recebeu de volta na área e bateu rasteiro, para tirar de Donnarumma.

O restante do segundo tempo continuou da mesma maneira, com os espanhóis tocando muito a bola, enquanto os italianos esperavam por uma oportunidade de contra-ataque, mas o empate prevaleceu e os times foram para a prorrogação.

PRORROGAÇÃO

Durante o primeiro tempo da prorrogação a seleção espanhola pressionou do início ao fim. Até chegou com perigo em duas oportunidades, aos oito e aos 11 minutos, em que Donnarumma deu o rebote, mas parou no bloqueio italiano. Durante a primeira parte da prorrogação a Espanha voltou a ter 70% de posse de bola.

No segundo tempo, aos seis minutos, Chiellini lançou, Berardi finalizou dentro da área e balançou as redes, mas o assistente já tinha sinalizado o impedimento do camisa 11. Foi o único lance de perigo, já que ambas equipes não quiseram correr riscos e não se expuseram tanto. Sendo assim, a partida seguiu para as penalidades.

ITÁLIA CLASSIFICADA!

Após o empate em 1 a 1 perdurar durante todo o tempo normal e a prorrogação, a Itália venceu nos pênaltis e garantiu a classificação para a grande final da Euro. O adversário dos italianos sairá do confronto entre Inglaterra e Dinamarca, que acontecerá na quarta-feira, também no Estádio de Wembley, às 16h (de Brasília).

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!