Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Internacional: perícia aponta provável irregularidade em eleição

Internacional teve uma ação movida por 12 conselheiros, sendo que entre eles está o candidato derrotado na última eleição José Aquino Flores de Camargo

Redação Publicado em 12/05/2022, às 08h23

Estádio do Internacional - GettyImages
Estádio do Internacional - GettyImages

O Internacional está envolvido em uma suposta irregularidade em sua eleição. Acontece que segundo a reportagem publicada pelo jornal "Correio do Povo" nesta quarta-feira, 11, uma perícia realizada no sistema de votação que elegeu Alessandro Barcellos como o mandatário em 2020 apontou indícios de uma possível fraude.

Isso porque foi apontado que robôs teriam sido usados na eleição online. Apesar da acusação, a atual gestão reforçou que não houve favorecimento a qualquer chapa durante o processo. A última eleição do Internacional contou com recorde de participação, tendo um pouco mais de 29 mil sócios ativos na votação.

 

Canal - SportBuzz

Além de ter renovado 50% do Conselho Deliberativo, Alessandro Barcellos acabou sendo eleito presidente pelos três anos seguintes com 16.522 votos, contra 9,6 mil que foram dados para José Aquino Flores de Camargo. Junto de outros 11 conselheiros, Camargo é um dos autores da ação cautelar ajuizada nesta terça-feira, 10.

Nela, ele anexou o laudo pericial, que foi autorizado pela Justiça, que demorou quatro meses para ser finalizado. A publicação ainda destaca que o documento aponta que "as análises realizadas demonstraram que vários sócios conseguiram registrar mais de um voto" e que "inúmeras ocorrências de tentativas de votos no mesmo instante de tempo, fato que seria humanamente impossível".

Arquibancada do estádio do Internacional com as bandeiras do clube
Arquibancada do estádio do Internacional com as bandeiras do clube (Crédito: GettyImages)

 

Diante das acusações, a diretoria do Internacional se pronunciou e divulgou uma nota oficial na noite de quarta, dizendo em um dos trechos: "O laudo deixa claro a inexistência de qualquer favorecimento ou intervenção em favor de qualquer chapa, o que referenda o resultado do pleito". Outra parte do comunicado agrega que a divulgação das informações "mostra a clara intenção de expor e difamar o Sport Club Internacional". Confira o comunicado na íntegra:

"Na tarde desta quarta-feira, a comunidade colorada tomou conhecimento pela imprensa de um laudo de perícia em ação direcionada contra o Sport Club Internacional e as empresas responsáveis pelo sistema de votação utilizado na eleição realizada em dezembro de 2020. Do Clube foi exigido, tão-somente, o fornecimento da lista digital dos associados que votaram, o que foi atendido e cuja integridade foi atestada pelo perito", iniciou o clube

"O laudo deixa claro a inexistência de qualquer favorecimento ou intervenção em favor de qualquer chapa, o que referenda o resultado do pleito. Nossas equipes técnica e jurídica estão analisando o documento para eventuais apontamentos técnicos que se façam necessários. A nossa eleição de 2020 foi a maior da história de um clube no futebol brasileiro e temos plena confiança na lisura do processo. O Clube desde o início da ação se manteve à disposição para esclarecimentos", continuou.

"O vazamento desse laudo de 108 páginas em menos de 24 horas de sua disponibilização no processo, que tramita em segredo de justiça, mostra a clara intenção de expor e difamar o Sport Club Internacional, o que deve ser lamentado por todos os colorados e coloradas", finalizou o Internacional sobre o assunto em suas páginas oficiais.


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!