Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Interino do Santos se derrete por joias do Peixe e revela que promessa é um "grande diamante"

Marcelo Fernandes, interino do Santos, comentou sobre as promessas do Peixe e fez elogios

Redação Publicado em 10/05/2021, às 15h48 - Atualizado às 16h43

Interino do Santos fez elogios para promessas do Peixe - Ivan Storti/Santos FC
Interino do Santos fez elogios para promessas do Peixe - Ivan Storti/Santos FC

Marcelo Fernandes se despediu do comando técnico do Santos no último domingo, 9, depois de conseguir manter o Peixe na série A1 do Campeonato Paulista. O profissional deixou o cargo de treinador interino para integrar a comissão técnica, porém, antes de se despedir, apontou quais garotos prometem elevar o patamar do time na temporada. 

Em entrevista coletiva, após a vitória sobre o São Bento, o técnico interino do Santos destacou nomes como o de Gabriel Pirani e Ângelo. Ambos têm sido destaques na temporada alvinegra e Marcelo Fernandes contou que o atacante é um diamante e que deve ser trabalhado com toda atenção para que o Peixe possa colher os frutos mais tarde. 

"Ângelo é um grande diamante bruto que temos que lapidar direitinho. Ele enche os olhos nos treinamentos. Antes do gol, gritamos muito para ele sobre a marcação também. Fez tudo que pedimos. Ele é excelente, assim como Pirani e a molecada toda que tem entrado e dado conta do recado, como o Balieiro, Malthus... ", afirmou.

Ele ainda seguiu elogiando os garotos: "São grandes jogadores e vamos maturando ele. Foi jogo pesado psicologicamente para criança de 16 anos. Estava preocupado com a molecada, tentei tirar a carga na resenha, brincar. Deixamos eles tranquilos, são garotos do bem e fazem o melhor pelo clube". 

QUEM VAI SUBSTITUIR MARCELO FERNANDES? 

Nesta segunda-feira, 10, o treinador Fernando Diniz foi apresentado oficialmente como o novo comandante do Santos e além de exaltar o fato de estar treinando o time de Pelé, o técnico também revelou que não pretende pedir muito reforços para a diretoria.
 
 
Já livre da punição da Fifa, o Peixe poderá voltar a registrar jogadores, mas esta não é uma das prioridades do treinador, que disse prezar pela qualidade técnica primeiro.
 
"Não sou de exigir inúmeros jogadores, mas temos que trazer pontuais, com capacidade de vir e ajudar de maneira direta. O elenco me agrada bastante pelos jovens talentosos e também pelos experientes", disse Diniz, que não quis falar das posições carentes.
 
"Não vou falar de posição. O elenco está sempre aberto a bons jogadores. Sou criterioso mesmo. O Santos, desse tamanho e com essa base, não pode trazer jogador só por vir, sem condição imediata de produzir, e atrapalhar o desenvolvimento dos mais jovens. Temos que trazer quem possa ajudar a dar sustentação da equipe e tirar um pouco dessa carga às vezes exagerada aos garotos", contou.
 
 
Como Diniz já havia passado pelo Santos, mas na condição de jogador, em 2005, o treinador exaltou o fato de retornar na condição de técnico.
 
"É um prazer poder ser treinador do Santos, clube que já tive a honra de passar como jogador. É o time do Pelé, o que já faz o time estar entre os maiores do mundo. Eu me entregarei com toda força que eu tenho para poder ajudar o Santos. Quero agradecer ao presidente. A gente teve uma sintonia muito grande. A minha conversa com ele foi a base, o fio condutor para que a gente tivesse um acerto", disse.
 
Já devidamente apresentado, a estreia de Diniz no comando do Peixe será nesta terça-feira, 11, às 19h15 (horário de Brasília), contra o Boca Juniors, na Vila Belmiro, pela quarta rodada do Grupo C da Libertadores.
 
O Santos é o terceiro colocado, com três pontos, atrás do time argentino, com seis, e o equatoriano Barcelona de Guayaquil, com nove.
 
No último domingo, 9, Diniz acompanhou a vitória por 2 a 0 sobre o São Bento, em jogo que evitou a queda do Santos no Campeonato Paulista. Agora, a missão é recuperar o time na Libertadores.
 
"Muitos jovens, com alguns mais experientes que dão sustentação. Muitos jogadores bons. Vamos trabalhar internamente para conscientizar o jogador do que é o mundo do futebol. Muito agressivo, com muita exposição. Filtrando o de fora para nos fortalecer e vencer tudo isso. Minha chegada é importante para ver o que são capazes na minha opinião. Ontem (domingo) foi um dia especial para os jovens, testados em um dos jogos mais importantes da história. Responderam bem", avaliou.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!