Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » COMPLICADO

Imprensa inglesa detona demissões de técnicos em excesso no Brasil: ''Sobreviventes de um jogo tóxico''

Hoje em dia, é muito difícil um clube manter o mesmo comandante durante toda a temporada

Redação Publicado em 12/11/2020, às 18h42

Imprensa inglesa detona demissões de técnicos em excesso no Brasil
Imprensa inglesa detona demissões de técnicos em excesso no Brasil - GettyImages

As recentes e constantes trocas de treinadores pelos clubes brasileiros não agradaram a imprensa ingles, que por meio de uma reportagem do canal de TV "Sky Sports" usou o fracasso do catalão Domenec Torrent, demitido do Flamengo nesta semana, para levantar questões sobre o assunto.

A publicação questiona o motivo pelo qual uma nação tão orgulhosa do próprio futebol partiu para a Europa em busca de seus treinadores.

A mídia inglesa também contesta a cultura de muitas demissões de técnicos no Brasil, algo que pode prejudicar o próprio jogo, já que, em busca de uma autopreservação, os treinadores são encorajados adotar um futebol que corre poucos riscos e sem criatividade.

"A maneira como os clubes brasileiros estão agindo é definitivamente errada. Os treinadores passam uma semana, um mês, ou dois ou três, na esperança de fazerem maravilhas. Não é possível - disse Jurgen Klopp em uma entrevista no ano passado quando questionado sobre a situação no Brasil", diz a reportagem.

Treinador do Liverpool, o próprio Klopp teve que esperar quatro anos pelo seu primeiro troféu com o time inglês.

Segundo a publicação, no Brasil, o tempo médio de permanência de um treinador em um time é de cerca de 15 jogos.

Dos 20 clubes que fazem parte da primeira divisão do Campeonato Brasileiro, apenas seis mantiveram o técnico com o qual começaram a competição.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!