Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / COMPLICOU!

Idrissa Gueye recebe cobrança oficial após polêmica no PSG

No último final de semana, Idrissa Gueye causou enorme repercussão no futebol francês depois de se recusar a entrar em campo e participar de uma campanha

Redação Publicado em 18/05/2022, às 18h25

Idrissa Gueye segue sendo criticado na França - GettyImages
Idrissa Gueye segue sendo criticado na França - GettyImages

Depois de causar polêmica nos bastidores do futebol francês, o volante Idrissa Gueye recebeu uma cobrança oficial por parte da Federação Francesa de Futebol. No último final de semana, o jogador se recusou a entrar em campo com a camisa do PSG, já que teria que participar de uma campanha contra a homofobia.

Por conta de sua religião e de crenças pessoais, Idrissa Gueye pediu para não entrar em campo e foi atendido pela comissão técnica do Paris Saint-Germain. Depois do episódio, o jornal “Le Parisien” trouxe a situação à tona, o que gerou enorme repercussão no país e no universo do futebol, que solicitaram medidas contra o volante.

CANAL - SPORTBUZZ:

Com a pressão nos bastidores, o Conselho Nacional de Ética (CNE) divulgou uma carta nesta quarta-feira, 18, e pediu para que Idrissa Gueye explique a situação ou desminta a informação de que se recusou a participar de uma campanha contra a homofobia. Vale destacar que a iniciativa da Federação Francesa de Futebol acontece em todas as temporadas.

Uma de duas coisas, ou essas suposições são infundadas e convidamos você sem demora a falar para silenciar esses rumores. Ou esses rumores são verdadeiros. Neste caso, pedimos que esteja ciente do alcance do seu gesto e do erro gravíssimo cometido”, disse parte da carta divulgada pelo Conselho Nacional de Ética.
Idrissa Gueye em ação no PSG
Idrissa Gueye vai ter que se explicar sobre o ocorrido (Crédito: GettyImages)

A luta contra a discriminação a que estão sujeitas as diversas minorias, sejam elas quais forem, é uma luta essencial e constante. Ao se recusar a participar desta operação coletiva, você está de fato validando o comportamento discriminatório, a recusa do outro, e não apenas contra a comunidade LGBTQIA+”, completou o comunicado do CNE.

Até o momento, o PSG não se manifestou sobre a polêmica envolvendo Idrissa Gueye. Logo depois da partida, o técnico Mauricio Pochettino afirmou que o volante tinha condições de jogo, mas ficou de fora dos relacionados por “questões pessoais”. Também em silêncio, o atleta não comentou ou explicou sua atitude.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!