Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » SÓ ELOGIOS!

Ídolo do Barcelona, Rivaldo relembra tratamento de Maradona com Pelé: "Muito carinhoso"

Ex-jogador ainda deu maiores detalhes sobre sua relação com o maior futebolista argentino da história

Redação Publicado em 27/11/2020, às 16h02 - Atualizado às 16h56

Rivaldo em ação pelo Barcelona
Rivaldo em ação pelo Barcelona - GettyImages

Um dos principais jogadores da história do futebol, Maradonafaleceu na última quarta-feira, 25, após uma parada cardiorrespiratória. Sua morte chocou o mundo do futebol e deixou todos os seus fãs, além de ex-companheiros de profissão, em um luto profundo. 

Quem se pronunciou sobre o falecimento de Diego Armando Maradona, em entrevista para o Betfair.net, foi Rivaldo. O ex-jogador do Barcelonadeu maiores detalhes sobre como era sua relação com o ídolo argentino e como ele tratava Pelé

"Fui conferir alguns áudios que tinha trocado com ele em outras conversas, e sempre choca saber que essa pessoa não está mais entre nós. Ele tinha um coração enorme e adorava estar com os grandes jogadores mundiais. Lembro dele ser muito carinhoso com Pelé, Edmundo e outros, independentemente das rivalidades entre Brasil e Argentina. Sua ausência vai ser muito sentida", disse. 

O pentacampeão mundial também se mostrou muito afetado pela morte de Maradona. Os dois eram amigos próximos e o brasileiro não deixou de esconder o carinho que tinha pelo eterno camisa 10 da Seleção Argentina. 

"Foi uma grande perda para todos nós. Tenho ótimas lembranças dele, e era um grande fã do seu futebol e de seu estilo. Quando eu era menor admirava muito a maneira dele jogar, pois tinha uma grande habilidade e também jogava com o pé esquerdo, como eu, então ele foi uma grande referência e inspiração em minha carreira", disse. 

Rivaldo ainda finalizou: "É claro que fiquei muito triste com esta notícia, pois além do que foi como jogador, também pude conhecê-lo pessoalmente, e sem dúvida ter essa oportunidade foi uma das melhores coisas que me aconteceram desportivamente. Ele sempre foi muito carinhoso e afetuoso comigo, e sempre dizia coisas boas de mim para outras pessoas. Foi um privilégio vê-lo jogar e mais tarde conhecê-lo e até desenvolver uma boa amizade com ele. Por isso, foi um dia muito triste para mim e para todo o mundo do futebol".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!