Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / EITA!

Hulk revela tom de ameaça de árbitro após reclamação de pênalti

Hulk contestou Anderson Daronco sobre um pênalti que poderia ter sido marcado a favor do Atlético-MG na partida contra o São Paulo, mas o árbitro parece não ter gostado

Redação Publicado em 11/07/2022, às 07h16 - Atualizado às 09h38

Hulk e o árbitro Anderson Daronco em campo - GettyImages
Hulk e o árbitro Anderson Daronco em campo - GettyImages

Hulk deixou o gramado do Mineirão depois do apito final do empate em 0 a 0 entre Atlético-MG e São Paulo na bronca com a arbitragem. O atacante contestava a não marcação de dois pênaltis a favor do time alvinegro. Porém, em sua fala, o jogador revelou um certo tom de ameaça que foi utilizado pelo árbitro Anderson Daronco na conversa sobre os lances.

Além de ter contado como o árbitro se portou diante do assunto, Hulk também cobrou mais critério da arbitragem durante os confronto, e disse que se sente mais prejudicado do que os demais jogadores por ser mais forte fisicamente. O atacante já é conhecido por questionar atitudes dentro de campo e conversar bastante sobre os lances que não concorda.

Canal - SportBuzz

"Quando estava acabando o jogo ele falou assim: 'cuidado com o que você vai falar lá fora'. Eu falei 'por que?', e ele respondeu 'porque não é o último jogo que eu vou apitar de vocês'. Isso é uma ameaça ou não? Eu não sei. Diante dos meus quatro filhos, foi a conversa que eu tive com ele ali", revelou o jogador do Atlético-MG sobre a conversa com o árbitro.

Em um dos lances reclamados por Hulk, ele foi derrubado pelo zagueiro Miranda, mas o árbitro não realizou a marcação de falta dentro da área. Durante a transmissão da partida, na "Central do Apito", o comentarista Sandro Meira Ricci classificou o lance como de difícil interpretação, dizendo que inicialmente acreditou que a penalidade realmente existiu.

Hulk em campo pelo Atlético-MG na partida contra o São Paulo
Hulk em campo pelo Atlético-MG na partida contra o São Paulo (Crédito: GettyImages)

Porém, depois, o comentarista de arbitragem reconsiderou a opinião inicial, e disse que Miranda toca primeiro na bola, o que anula a possibilidade de marcação de pênalti. Nesse caso, se o zagueiro do São Paulo não tivesse tocado na bola de início, somente em Hulk, aí sim a penalidade deveria ter sido marcada por Daronco, caso contrário não.

O segundo lance

Depois da polêmica, o VAR até analisou a forma como a jogada aconteceu e manteve a decisão que foi tomada dentro de campo. O outro lance questionado por Hulk foi um toque de mão de Luizão dentro da área. Segundo Sandro Meira Ricci, o lance foi normal, com a bola acertando o braço do jogador do São Paulo, mas ele estava em posição natural, sem bloquear a bola.

"Eu não vi as imagens ainda, mas pelo menos no lance com o Miranda foi 100% pênalti. Eu não vi se ele tocou na bola primeiro. Eu vejo que ele vem de encontro a mim, e eu tiro a bola. Isso, se é fora da área, ele (Anderson Daronco) não pensa duas vezes, ele dá falta. Interpretações, né?! Tem sempre que usar o mesmo critério", completou Hulk.

Próximos compromissos

Com a vontade de somar os três pontos ainda mais forte neste momento, o Atlético-MG tem um compromisso de peso no meio desta semana. Nesta quarta-feira, 13, às 21h30 (horário de Brasília), a equipe visita o Flamengo, no Maracanã, para o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, sendo que no confronto de ida o Galo saiu com a vantagem.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!