Sportbuzz
Testeira
Futebol / EMOCIONANTE!

Herói do Vasco contra o Botafogo, Vanderlei comemora título da Taça Rio

Vanderlei defendeu três penalidades e ajudou o Vasco a vencer o Botofogo na Taça Rio

Redação Publicado em 22/05/2021, às 16h53 - Atualizado às 17h46

Vanderlei foi herói do Vasco na Taça Rio contra o Botafogo - Rafael Ribeiro/Vasco
Vanderlei foi herói do Vasco na Taça Rio contra o Botafogo - Rafael Ribeiro/Vasco

Vanderlei foi decisivo para que o Vasco vencesse o Botafogo neste sábado, 22, e levasse o título da Taça Rio para casa. Apesar do cruzmaltino ter perdido por 1 a 0 no tempo regulamentar para os rivais alvinegros, a decisão acabou indo para os pênaltis e o goleiro vascaíno foi responsável por defender três penalidades seguidas e garantir o título da competição. 

Em entrevista, ainda no gramado, Vandelei deu maiores detalhes em relação ao Vasco ter vencido a Taça Rio e comemorou o fato do torneio trazer uma motivação extra para o elenco. Desta maneira, o goleiro acredita que o título conquistado em cima do Botafogo será importante para o início da série B do Campeonato Brasileiro. 

"Quero agradecer a Deus por esta oportunidade em uma final. O clássico é importante. Eu já tinha, sim, feito três defesas de pênalti, mas não seguidas. Seguidas eu acho mais difícil ainda. A equipe conseguiu o objetivo. Não podíamos sair daqui com outro resultado que não o título. Dá mais confiança para conseguirmos o nosso principal objetivo, que é o acesso, e na sequência da Copa do Brasil", afirmou. 

Ele ainda seguiu: "Um clássico, não poderia sair com outro resultado. Comissão trabalha todos os dias, como jogadores batem. Na hora do jogo a gente decide. Hoje deu tudo certo. Motivação é sempre nosso trabalho, sendo bem feito. Quem entra tem dado conta. Nosso principal objetivo é o acesso. Seguidas, não. Já peguei duas. Três seguidas assim nunca tinha sido não. Foi hoje e fomos campeões".

COMO FOI O JOGO? 

O Vasco não se intimidou com o Botafogo em São Januário e foi para cima dos rivais para conquistar o título da Taça Rio. Com um gol no final do segundo tempo, o Glorioso acabou sendo superior na partida de volta e levou o estadual para decisão nos pênaltis. Nas penalidades, o cruzmaltino foi decisivo e conquistou o troféu.

No primeiro tempo, o Botafogo foi quem mais teve oportunidades para balançar as redes. Tendo mais intensidade na marcação e também com a bola nos pés, o Glorioso pressionou o Vasco, porém não conseguiu transformar o volume de jogo em gols. 

Enquanto isso, o cruzmaltino esteve pouco inspirado e não conseguiu se desvenciliar da forte marcação feita pelo Fogão. Nas poucas vezes em que chegou ao ataque, o Gigante da Colina ofereceu perigo para Douglas Borges, que fez uma grande defesa num chute de Zeca. 

As melhores oportunidades para o Botafogo durante os 45 minutos iniciais saíram dos pés de Pedro Castro e Rafael Navarro. O primeiro tento deixar a sua marca de tudo o que é jeito, sendo de cabeça ou com os pés, o meio-campista pecou no momento das finalizações. Já o atacante do Fogão foi responsável pelo melhor lance do primeiro tempo num chute de fora da área. 

O Vasco seguiu apresentando problemas para sair da pressão do Fogão e só chegou com perigo em duas oportunidades. Na primeira, Léo Jabá até chegou a balançar as redes, mas esteve em posição irregular e o juiz marcou impedimento na jogada. 

Com a bola em jogo e realmente valendo a finalização, o cruzmaltino ofereceu perigo numa bomba de Zeca. O lateral pegou da entrada da área e finalizou contra a meta de Douglas Borges, que se esticou todo e evitou o que poderia ter sido o primeiro tento da partida. 

E O SEGUNDO TEMPO?

No segundo tempo, depois de ver o Botafogo ser superior durante a etapa inicial, o Vasco mudou a postura e nos 20 minutos iniciais criou grandes oportunidades para abrir o placar. Com a mudança de postura vascaína, o Fogão se viu acuado no campo de defesa e demorou para voltar a oferecer algum tipo de perigo para a meta de Vanderlei. 

O cruzmaltino ofereceu perigo em chegadas de Gabriel Pec e também Zeca. O primeiro fez ótima jogada individual, foi para cima da marcação e arriscou uma bomba de fora da área. A bola tinha endereço certo o gol, mas Douglas Borges defendeu e jogou para escanteio. 

Em seguida, foi a vez do lateral chamar a responsabilidade e quase colocar o 1 a 0 no placar para o Vasco. Zeca foi conduzindo a bola para o ataque e cortou para o meio, o jogador acertou um ótimo chute, mas viu ela passar perto da meta de Douglas Borges.

No entanto, por mais que o Botafogo tenha piorado no segundo tempo e o Vasco melhorado, foi o Glorioso quem abriu o placar. Numa das raras chegadas do Fogão no campo de ataque, a bola sobrou para Navarro, que dominou e girou para defesa de Vanderlei, porém Gilvan apareceu no rebote e meteu a cabeça para fazer 1 a 0. 

O Vasco, depois de sofrer o gol, seguiu em cima do Botafogo, e criou outra grande oportunidade com Zeca. O lateral, que fez boa partida, mais uma vez arriscou de fora da área, mas Douglas Borges fez grande defesa.

E O PÊNALTIS?

Nas penalidades, o Vasco foi melhor acertou todas, enquanto o Botafogo errou todas que tentou e desperdiçou a chance de levar o título da Taça Rio. 

VASCO CAMPEÃO!

Com a vitória no primeiro jogo e a derrota diante do Botafogo em São Januário, o Vasco levou o o confronto para os pênaltis, venceu e se consagrou campeão da Taça Rio. Apesar de ter ficado fora da fase final do Campeonato Carioca, o time de Marcelo Cabo conseguiu melhorar na temporada e foi coroado com o título estadual.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!