Sportbuzz
Testeira
Futebol / MUNDIAL DE CLUBES!

Havertz decide, Chelsea vence Palmeiras e é campeão do Mundial

Partida foi até a prorrogação, mas o Chelsea levou a melhor com o gol de Havertz e os ingleses venceram o Palmeiras na final do Mundial de Clubes

Redação Publicado em 12/02/2022, às 16h09

Palmeiras e Chelsea se enfrentam na final do Mundial de Clubes e fizeram uma grande decisão - GettyImages
Palmeiras e Chelsea se enfrentam na final do Mundial de Clubes e fizeram uma grande decisão - GettyImages

Não foi dessa vez. O Palmeiras tentou, lutou, sofreu, mas não conseguiu vencer o Chelsea no Mundial de Clubes. A partida, que ficou no empate durante o tempo regulamentar, se decidiu nos últimos quatro minutos do segundo tempo da prorrogação. Luan colocou a mão na bola, Havertz bateu a cobrança e fechou o placar em 2 a 1. Primeiro título mundial da história da equipe inglesa.

A partida entre Palmeiras e Chelsea foi tensa e repleta de boas oportunidades para os dois lados. As equipes começaram o jogo com uma grande intensidade, mas não criaram grandes chances de gol. No segundo tempo, o Verdão levou um susto com Lukaku, que abriu o placar. Na sequência, Thiago Silva colocou a mão na bola e Veiga bateu o pênalti para deixar tudo igual. O confronto foi para a prorrogação e Havertz deu o título para os ingleses

 

CANAL - SPORTBUZZ:

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO?

O primeiro tempo entre Palmeiras e Chelsea foi equilibrado. As duas equipes colocaram os diferentes estilos de jogo em prática e fizeram uma etapa inicial com boas chances para os dois lados. Buscando jogadas de velocidade, o Verdão também pressionou a saída de bola dos Blues e os ingleses procuraram ter mais a posse e também trabalhar ela no campo de ataque. 

Em saídas rápidas de velocidade, o Palmeiras encontrou espaços na defesa do Chelsea, principalmente pelo lado de Christensen. Dudu teve uma grande chance para fazer o 1 a 0, mas o camisa 7 não finalizou e desperdiçou uma boa oportunidade. O time de Abel Ferreira também assustou as bolas paradas e ofereceu perigo para a meta de Mendy. 

Jogadores em ação
Jogadores de Chelsea e Palmeiras em ação durante o primeiro tempo da final do Mundial de Clubes (Crédito: GettyImages) 

 

Enquanto isso, o Chelsea teve muita dificuldade de achar espaços no ataque. O Palmeiras se fechou bem no campo de defesa e fez com que os Blues oferecessem poucos perigos para a meta de Weverton. Luan ficou na cola de Lukaku e ele não teve muitos espaços. Havertz foi quem mais tentou, porém não achou uma finalização que pudesse oferecer algum tipo de problema

E O SEGUNDO TEMPO? 

O segundo tempo foi de muita emoção para os dois lados. O Chelsea mudou a postura e foi mais ofensivo. Buscando espaço pela esquerda do ataque, os Blues conseguiram achar brechas nas costas de Marcos Rocha. Hudson-Odoi achou espaços, diferentemente do primeiro tempo e encontrou Lukaku livre na área. O atacante, aos nove minutos, cabeceou para o fundo das redes. 

Logo depois do Chelsea abrir o placar, o Palmeiras conseguiu se lançar mais ao ataque e Thiago Silva colocou a mão na bola. O VAR flagrou o lance, o árbitro conferiu e a penalidade foi marcada. Raphael Veiga foi para a cobrança e não deu chances para Mendy. O meia bateu com categoria e o 1 a 1 foi para o placar. Final emocionante no Mundial de Clubes. 

Depois de empatar a partida, o Chelsea foi quem ficou mais com a bola e o Palmeiras se fechou no campo de defesa para tentar explorar o contra-ataque em velocidade. Nenhum dos dois times foram criativos o suficiente na reta final da final do Mundial de Clubes e o confronto seguiu para a prorrogação. 

E A PRORROGAÇÃO?

A prorrogação foi de muito toque de bola do Chelsea, mas pouca criatividade. Enquanto isso, o Palmeiras se defendeu bem e não concedeu espaços para os Blues. O confronto foi ficando tenso, os chutes não foram acontecendo e a decisão parecia que iria se encaminhar para as penalidades, mas Luan colocou a mão na bola faltando sete minutos para o fim do jogo. 

O VAR entrou em ação, chamou o juiz e ele marcou a penalidade. Havertz foi quem teve a responsabilidade para a cobrança e o alemão bateu com muita categoria para fazer 2 a 1 e colocar o Chelsea na frente do placar. E o Palmeiras não conseguiu reagir para tentar o empate.


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!