Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » Complicado!

Guilherme Arana relembra começo da carreira na Europa: “Bateu um desespero”

Ex-Corinthians falou ainda sobre sua possível volta para o Parque São Jorge

SportBuzz Digital Publicado em 06/09/2019, às 11h16

Guilherme Arana
Guilherme Arana - Reprodução/Instagram

Após um tempo de complicações na carreira, Guilherme Arana está com motivos de sobra para comemorar! Além da mais recente convocação para a Seleção Olímpica Brasileira, o lateral-esquerdo oficializou seu contrato com o Atalanta, da Itália.

Após a partida contra a Colômbia, na última quinta-feira, 5, no Estádio do Pacaembu, o craque participou de uma entrevista coletiva e deu detalhes de como foram os últimos meses de sua carreira. Relembrando o instante em que deixou o Corinthians para jogar no Sevilla, Guilherme disse que passou por dificuldades para se adaptar no futebol espanhol.

“O começo é muito difícil, por mais que a família fosse junto comigo. A filosofia de jogo deles é diferente, o jeito de treinar e até a preleção. Eles prezam muito a marcação, esse foi o ponto que senti bastante no Sevilla. Nos primeiros meses tive essa dificuldade, mas fui depois aperfeiçoando e jogando meu futebol que me levou até lá”, disse o jovem, vendido, na época, por 12 milhões de euros.

Depois de 22 jogos e apenas dois gols, com atuações certamente apagadas, Arana cogitou voltar para o seu clube de origem. 

“Bateu o desespero porque tenho 22 anos e queria jogar. Estava louco para jogar e não ia para o jogo. A minha família sempre me orientando, esperei as coisas e fui trabalhando. Sabia que em algum lugar ia aparecer, não deu certo no Corinthians e veio a Atalanta, que é um grande clube e que me sinto bem e muito feliz”, disse ele.

Visando dar a volta por cima, Guilherme contou que teve uma recepção especial no clube italiano e está disposto a voltar a atuar em alto nível, como fazia quando chamou atenção de grandes clubes. Por fim, o jovem disse que ainda pretende passar mais momentos de alegria com a torcida corintiana.

“Sou muito grato ao Corinthians, que abriu as portas para mim e minha família. Foram 12 anos vestindo essa camisa e pode ter certeza que voltarei”, afirmou.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!