Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » LIGA DAS NAÇÕES

Greenwod e Foden pedem desculpas por encontro com mulheres no hotel da Seleção Inglesa

Jogadores divulgam comunicados se desculpando por quebra de protocolo na concentração da Inglaterra

Gabriela Santos Publicado em 08/09/2020, às 12h21

Greenwod e Foden em treino da seleção de base, em 2019
Greenwod e Foden em treino da seleção de base, em 2019 - GettyImages

Mason Greenwood, do Manchester United, e Phil Foden, do Manchester City, pediram desculpas após levarem mulheres para o hotel onde a Seleção Inglesa estava concentrada para a disputa da Liga das Nações em Reykjavík, capital da Islândia. Ambos foram cortados da equipe.

O encontro dos jogadores com as mulheres desrespeitou o protocolo de saúde da Uefa e das autoridades islandesas de prevenção à Covid-19.

“Tendo agora tido a oportunidade de refletir sobre o que aconteceu, só posso pedir desculpas a todos pelo constrangimento que causei. Foi irresponsável da minha parte quebrar os protocolos da Covid-19 que existem para proteger os jogadores, funcionários e o público. Em particular, quero pedir desculpas a Gareth Southgate, por tê-lo decepcionado, quando ele demonstrou grande confiança em mim. Jogar pela Inglaterra foi um dos momentos de maior orgulho da minha vida e só posso culpar a mim mesmo por esse grande erro. Prometo à minha família, aos torcedores, ao Manchester United e à Inglaterra que esta é uma lição com a qual aprenderei”, disse Greenwood, de 18 anos, por meio de um comunicado divulgado no site do United.

Ainda ontem, Foden publicou uma nota em suas redes sociais sobre o ocorrido. Ele pediu desculpas citando o técnico e os colegas de seleção, o Manchester City e também sua família.

“Depois do alvoroço que ocorreu devido às minhas ações na Islândia, quero pedir desculpas. Peço desculpas a Gareth Southgate, meus companheiros de equipe ingleses, ao time equipe, aos torcedores, ao meu clube e para minha família. Sou um jovem jogador com muito a aprender, mas estou ciente da grande responsabilidade que tenho de representar o Manchester City e a Inglaterra a este nível. Eu violei o protocolo da Covid-19 que é para proteger a mim e aos meus colegas. Portanto, agora vou perder a oportunidade de viajar para a Dinamarca, e isso me machuca. Mas vou aprender uma lição adequada com este erro e desejar a Gareth e meus colegas boa sorte esta semana”, escreveu Foden, de 20 anos.

Greenwood e Foden tiveram suas imagens circulando nas redes sociais em que aparecem com duas mulheres islandesas no quarto de hotel. Em entrevista ao portal DV, da Islândia, uma das mulheres, que não quis ser identificada, afirmou que os atletas não informaram sobre o protocolo de saúde contra o coronavírus e nem as impediram de fazer os registros. 

“Nós não tínhamos ideia sobre essas regras (da covid-19), eles nunca disseram que não podíamos fazer imagens”, disse a mulher.

Greenwood e Foden receberam as suas primeiras convocações para a Seleção Inglesa. Além deles, Harry Maguire, do United, também foi desconvocado após se envolver em uma briga durante suas férias na Grécia.

A Inglaterra enfrenta a Dinamarca nesta terça-feira, 8, às 15h45 (de Brasília), pela Liga das Nações.


5 itens de times internacionais que todo amante do futebol vai querer ter

1- Camisa Juventus 1985 Retrô - https://amzn.to/2JeQQgo

2- Caneca Scandinavia Real Madrid - https://amzn.to/2oh7iWs

3- Porta Tênis c/ 2 divisões Manchester City - https://amzn.to/32GlAin

4- Funko Pop! Paris Saint-Germain Kylian Mbappé - https://amzn.to/2pJkLGO

5- Bola Bolsa Esportiva Barcelona - https://amzn.to/2MGSGsQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!