Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » FAMÍLIA

Grávida pela segunda vez, esposa de Everton Cebolinha protagoniza ensaio de gestante

Isa Ranieri está no oitavo mês de gestação à espera do segundo filho do casal

Mariana Millan Publicado em 03/10/2019, às 08h31

Isa Ranieri, esposa de Cebolinha, posa grávida de oito meses
Isa Ranieri, esposa de Cebolinha, posa grávida de oito meses - Instagram

Isa Ranieri, esposa de Cebolinha, celebrou o oitavo mês de gravidez com um lindo ensaio de gestante. Ela está à espera do segundo filho com o jogador de futebol, que se chamará Pedro.

Através das redes sociais, a moça posou exibindo o barrigão ao lado da primogênita Sofia, de apenas 1 ano.

"Minha riqueza! Multiplicou o amor!", afirmou ela na legenda. "Triplicou", afirmou o craque do Grêmio.

O ensaio foi clicado pela fotógrafa Paloma Fantini. Veja os cliques abaixo!

EVERTON CEBOLINHA PELO GRÊMIO

Nesta quarta-feira, 2, Grêmio e Flamengo empataram em 1 a 1 pela primeira semifinal da Libertadores, na Arena tricolor. Bruno Henrique (FLA) e Pepê (GRE) deixaram tudo igual no embate mais aguardado do futebol no Brasil. 

O jogo de volta será no dia 23 de outubro, no Maracanã, e o Fla irá contar com o "fator casa" para a decisão. O time de Jorge Jesus ainda leva uma pequena vantagem pelo gol fora de casa e pode vencer por uma vitória simples para carimbar a vaga na final do continental. 

Em jogo muito movimentado e com uma boa atuação do VAR, o rubro-negro marcou quatro vezes e três gols foram anulados, sem muita reclamação flamenguista. 

O Flamengo se apresentou melhor e foi superior durante toda a primeira etapa. Os comandados de Renato Portaluppi ficaram acuados e viram o adversário chegar. Só no segundo tempo o Grêmio melhorou no jogo e conseguiu assustar o goleiro Diego Alves. 

Aos 24 minutos do segundo tempo, Bruno Henrique abriu o placar da partida. O Grêmio empatou no final, aos 42 minutos, com Pepê. 

LANCE A LANCE

No primeiro tempo, o Flamengo foi superior ao time da casa e envolveu no ataque. O resultado desse desempenho se deu por dois gols, anulados, que o rubro-negro marcou em três minutos.
A posse de bola da equipe carioca representou o futebol ofensivo e equilibrado dos comandados de Jorge Jesus: 68% a 32%. Aos 12 minutos, o domínio chegou à 74%.

A equipe carioca pressionou o Grêmio nos primeiros minutos de jogo e deu trabalho para a defesa adversária. Aos 20 minutos, Éverton Ribeiro marcou depois de uma bola levantada por Filipe Luís, o goleiro Paulo Victor afastou mal, sobrando para o meia estufar a rede.

O gol foi anulado por um empurrão de Gabigol em Kannemann antes da finalização de Éverton Ribeiro. Rapidamente, e sem muita reclamação rubro-negra, o lance foi revisado pelo VAR e em ato de fair-play, Gabigol reconheceu a falta e confirmou a checagem da arbitragem de vídeo.

Mesmo com o gol inválido, o Fla continuou a ditar o ritmo do jogo e quatro minutos depois, Gabigol recebeu um cruzamento de Bruno Henrique dentro da área, e colocou a bola nas redes após uma saída errada do goleiro Paulo Victor. E novamente o gol flamenguista foi anulado, desta vez, por um impedimento milimétrico.

A definição do lance foi decidida ainda em campo pelo árbitro Néstor Pitana, mas depois de três minutos e com a checagem de vídeo, o impedimento foi confirmado. O Flamengo ainda teve mais uma chance de abrir o placar com Gabigol.

No início do segundo tempo, o ritmo do jogo diminuiu. O Flamengo não conseguiu ditar a mesma velocidade da primeira etapa e o Grêmio melhorou os seus desarmes.

O tricolor voltou melhor e construiu superioridade na partida, com dois chutes ao gol que exigiram o máximo esforço do goleiro Diego Alves.

Aos 24 minutos do segundo tempo, com o Grêmio pressionando mais e no melhor momento do time de Renato Portaluppi, Bruno Henrique abriu o placar da partida depois de um cruzamento da direita de Arrascaeta.

O Grêmio sentiu o revés e viu o Flamengo retomar o domínio da partida. Aos 34, Gabigol teve o seu segundo gol anulado por impedimento, após um cruzamento na área de Arão.

Aos 42 minutos, o tricolor gaúcho aproveitou um contra-ataque iniciado por Maicon, que abriu para Everton na direita para cruzar na área até Pepê chegar na segunda trave e deixar tudo igual.

Os minutos finais tiveram as duas equipes buscando a vitória, aproveitando os seis minutos de acréscimo. Grêmio e Flamengo deixam tudo igual para a segunda semifinal, no Maracanã, no próximo dia 23.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!