Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Goleiro do Fluminense minimiza atuação de Enzo Pérez como goleiro do River Plate: "Não vi nada de mais"

Enzo Pérez teve que entrar como goleiro do River Plate na Libertadores, mas atuação não chamou a atenção do arqueiro do Fluminense

Redação Publicado em 20/05/2021, às 13h37

Atuação de Enzo Pérez no gol do River Plate não impressionou goleiro do Fluminense
Atuação de Enzo Pérez no gol do River Plate não impressionou goleiro do Fluminense - GettyImages

Nesta quinta-feira, 20, o nome de EnzoPérez, do RiverPlate ganhou o mundo depois que ele se ofereceu para ficar no gol do time na partida da Libertadores, depois que o time teve 20 infectados pelo coronavírus. Apesar de estar se recuperando de lesão, a atuação de Pérez não impressionou o goleiro do Fluminense, que minimizou a situação.

Ao ser perguntado sobre a atuação de Pérez em coletiva de imprensa nesta quinta, MarcosFelipe, que vai estar no elenco do Fluminense para decidir uma vaga com a equipe argentina na próxima terça-feira, 25, expôs sua opinião.

"Ele praticamente não trabalhou durante o jogo. Foi considerado o melhor da partida sem ter feito grandes defesas. A equipe dele se defendeu, aproveitou as brechas que o Santa Fe deu. Não vi nada de mais. Ele simplesmente tapou um buraco que eles mesmo cavaram. Então, não tenho nada a falar a respeito do Enzo Pérez", disse.

Marcos Felipe falou também sobre as duas partidas decisivas que o Fluminense terá em sequência. O Tricolor decide o título do Campeonato Carioca neste sábado, 11, contra o Flamengo, no Maracanã.

Na terça-feira, é dia de buscar a classificação nas oitavas da Libertadores, contra o RiverPlate, na Argentina.

"Temos vivenciados momentos nesse início de 2021 em que temos que mudar a chave o tempo todo. Fizemos uma partida não muito boa diante do Barranquilla, mas já temos que virar a chave para a final do Estadual, porque sabemos que será um jogo difícil. Estamos nos preparando para poder fazer uma grande partida e concretizar com o título estadual. Será uma partida muito complicada. Sabemos da qualidade da equipe do Flamengo. Procuraremos neutralizar tudo isso para que possamos sair vitoriosos", contou.

Pérez dá a receita da vitória

 

Ídolo da torcida do River Plate, o jogador, que estava se recuperando de lesão, aceitou a missão de ser goleiro por um dia e teve uma atuação tranquila na vitória sobre o Independiente Santa Fe por 2 a 1, no Monumental de Núñez.

Depois da partida da Libertadores, o jogador dividiu os méritos com seus companheiros de equipe, ressaltando o bom desempenho dos jovens atletas do River.

Isso porque nesta quarta-feira, diante do Santa Fe, dois garotos fizeram sua primeira partida como profissionais: o zagueiro Lecanda, de 19 anos, e o volante Peña Biafore, de 18.

"Falar de como foi o jogo não faz muito sentido, por tudo que vivemos esses dias, lamentavelmente sofremos com a Covid. Eu ressalto o coração, a hombridade e a personalidade. Não só dos garotos que jogaram hoje, mas também pelo que mostramos no domingo no estádio do Boca. Ali também estrearam vários garotos, que nos ajudaram a fazer um bom jogo. Mostramos novamente o grupo que somos e as pessoas que somos", disse Pérez ao fim do jogo.

No domingo, 16, já cheio de desfalques, o River Plate empatou com o Boca Juniors por 1 a 1, na Bombonera, mas perdeu nos pênaltis por 4 a 2 e acabou sendo eliminado da Copa da Liga da Argentina.

Nesta quarta, foram 20 desfalques diante do Santa Fe, todos por coronavírus, incluindo os quatro goleiros inscritos na Libertadores.

Dessa forma, o técnico Marcelo Gallardo só teria 10 jogadores à disposição para o confronto. Mas, na terça-feira, 18, Enzo Pérez, que se recuperava de lesão muscular sofrida diante do Boca e estava vetado da partida da Libertadores, se ofereceu para atuar no gol.

"Os goleiros do time me mandaram mensagens, perguntei algumas coisas. O preparador de goleiros também me deu conselhos, ontem treinamos um pouco. Ele falou para eu sempre me concentrar na marca do pênalti e para, quando a bola fosse para o lado, caminhar sempre na diagonal", contou.

Além da boa atuação, Enzo Pérez foi pouco incomodado diante do Santa Fe e não teve culpa no lance do gol colombiano, fazendo apenas três defesas, todas tranquilas.

A equipe adversária chegou a ensaiar uma pressão no segundo tempo, mas não conseguiu fazer o goleiro trabalhar. Perguntado se tinha noção de que participou de um jogo histórico, ele respondeu.

"Eu tratei de me concentrar em ajudar o time, mas certamente vai se falar muito desse jogo", contou.

Com a vitória desta quarta, o River assumiu a liderança do Grupo D, com nove pontos. O Fluminense soma oito, e o Junior Barranquilla, seis. Eliminado, o Santa Fe tem dois pontos.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!