Sportbuzz
Testeira
Futebol / CHATEADO

Gattuso revela mágoa com torcida do Tottenham após campanha contra sua contratação

Técnico chegou a ser o principal alvo dos Spurs, mas negociação não avançou após campanha dos torcedores: “Não fui descrito do jeito que sou”

Redação Publicado em 20/07/2021, às 09h54 - Atualizado às 09h55

Gattuso revela mágoa com torcida do Tottenham após campanha contra sua contratação - GettyImages
Gattuso revela mágoa com torcida do Tottenham após campanha contra sua contratação - GettyImages

O técnico Gennaro Gattuso abriu o coração para falar da rejeição dos torcedores do Tottenham com a possibilidade de ser o novo comandante do time. O nome do treinador foi cotado para assumir os Spurs na temporada 2021/22, mas a torcida fez campanha para que a diretoria do clube não o contratasse.

Em entrevista ao jornal “Il Messagero”, Gattuso revelou ter ficado chateado com a repercussão de sua possível chegada ao clube.

“Não fui descrito do jeito que eu sou, e não havia nada que eu pudesse fazer. Lamento não ter podido me defender e explicar que não sou a pessoa de quem falavam na Inglaterra”, disse o técnico.

 

“Tive que aceitar uma história que dói mais do que qualquer derrota ou demissão, em um momento em que ainda não entendemos o quão perigosa a Internet pode ser”, completou.

O técnico criticou o uso das redes sociais pela campanha levantada. Depois de ter se tornado o principal alvo do Tottenham, os torcedores resgataram declarações antigas de Gattuso e o acusaram de ser preconceituoso, inflando o movimento contra a contratação do treinador. O clube inglês acertou com Nuno Espírito Santo.

“Há certa maldade que vem do Facebook ou do Twitter, onde é possível dar força a qualquer mentira. Não tenho perfis nas redes sociais e não os quero, nem a Monica (esposa). Por que eu deveria deixá-los me insultar por qualquer coisa?”, concluiu.

Gattuso está sem clube depois de deixar a Fiorentina, time que assumiu após ser demitido do Napoli no fim da temporada passada. Anunciado pelo time de Florença, ele iniciaria seu trabalho no dia 1º de julho, mas seu contrato foi rescindido duas semanas antes. De acordo com a imprensa italiana, o técnico não teria aceitado a política de contratações do clube. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!