Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram Sportbuzz
Futebol » SELEÇÃO BRASILEIRA

Gareca viu Brasil melhor no amistoso: "Não sei se merecíamos ganhar o jogo"

O técnico da Seleção Peruana afirmou que o time de Tite teve mais oportunidades de triunfo

SportBuzz DIGITAL Publicado em 11/09/2019, às 16h26

Ricardo Gareca
Ricardo Gareca - Getty Images

O Brasil foi derrotado pelo Peru no segundo amistoso depois da Copa América. O grupo comandado por Ricardo Gareca saiu vitorioso da partida pelo placar simples, com gol marcado por Luis Abram, de cabeça, mas o técnico peruano afirmou que o Brasil merecia mais.

"Não sei se merecíamos ganhar o jogo. Porque foi muito disputada a partida e o Brasil criou as melhores chances de gol", disse Gareca . O comandante ainda ressaltou a importância do gol de bola parada para definir uma partida e que quer mais da equipe.

"Mas temos que levar em conta que Peru tentou em todo momento tratar que Brasil não construísse e também tentou atacar dentro do que podíamos atacar. O Brasil defende muito bem e retoma muito rápido a bola. Então foi complicado, mas da minha parte ganhamos bem pela intensidade e pela atitude que tivemos. Mas, ao mesmo tempo, estamos em processo. Podemos dar mais", completou. 

Na coletiva, Ricardo também falou da entrada de Neymar Jr. e disse que dificultou  seu plano de jogo, mas o seu sistema defensivo foi preciso. 

"Neymar é um dos melhores do mundo. Ninguém pode discutir. Ele entrou com muita vontade, estava muito animado, com desejo de participar do jogo e tivemos inconvenientes com ele", elogiou o técnico.

SELEÇÃO RECLAMA DO GRAMADO

Insatisfeito com o resultado, o técnico Tite reclamou sobre o gramado e cobrou a CBF. A partida foi realizada no estádio Memorial Sports Arena, em Los Angeles, na Califórnia.

"Está errado, o gramado influencia no desempenho, não pode acontecer. Corre risco de lesão. Não é desculpa da derrota, não quero colocar isso. Não peguem só uma parte do que estou dizendo. Tem que matar no peito, assumir a derrota. O adversário montou estratégia e ganhou. Mas futebol de alto nível não pode acontecer. Não pode ter campo nessas condições", declarou ele.

Fagner, lateral-direito, também criticou as condições do campo. 

"Sem dúvida (gramado atrapalhou). Estava um pouco duro, ralo demais. A bola estava muito viva. Estava dificultando principalmente para os nossos jogadores de meio de campo, que não conseguiam dar um toque só na bola. Eram sempre dois, três toques na bola. Para jogar contra um time fechado isso facilita (para eles). Mesmo assim criamos muitas chances e agora é trabalhar para conseguir fazer os gols", disse o jogador do Corinthians à TV Globo.

"O campo não ajudou muito, com bola quicando bastante, forçando passe no meio. Sabíamos que seria jogo por uma bola, não conseguimos concretizar, eles chegaram e fizeram", completou Marquinhos.