Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / CRITICOU

Galvão Bueno cutuca Brasil durante transmissão de Argentina x Croácia

Transmitindo Argentina e Croácia na semifinal da Copa do Mundo, o narrador Galvão Bueno dirigiu críticas duras ao Brasil, que perdeu para os europeus nas quartas

Redação Publicado em 13/12/2022, às 18h41

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Galvão critica Brasil durante Copa do Mundo - Reprodução TV Globo
Galvão critica Brasil durante Copa do Mundo - Reprodução TV Globo

Narrando a semifinal da Copa do Mundo, entre Argentina e Croácia pela "TV Globo", Galvão Bueno não fez questão de esconder sua insatisfação com a ausência da Seleção Brasileira no confronto. Vale lembrar que se vencesse os europeus, o Brasil faria o clássico nesta terça-feira, 13, valendo vaga na grande final do Mundial.

Logo na abertura da transmissão o narrador se mostrou insatisfeito, falando que estava feliz por estar lá, mas deixando claro que esperava que o Brasil estivesse junto. Com o tempo passando e os argentinos se mostrando superiores à Croácia, Galvão foi se soltando e criticando cada vez mais a postura brasileira no jogo da eliminação.

Não é que a Argentina está ganhando. A Argentina domina o jogo. Joga como quer. Joga como tem que jogar. ‘Somos superiores à Croácia? Sim. Então vamos marcar aqui cada palmo de chão e vamos deixar os nossos craques resolverem lá na frente". Que fique a lição para muita gente!”, falou o narrador em um momento da transmissão.

Com o placar já em 3 a 0, Galvão se soltou ainda mais e comentou sobre o fato de tocar a bola atrás quando o time já tivesse o resultado na mão. Além disso, ele cobrou que a equipe se adaptasse ao futebol croata, os deixando ter a bola para que o ataque do Brasil "resolvesse" quando necessário, assim como fez a Argentina.

Argentina venceu Croácia por 3 a 0 na Copa do Mundo
Argentina venceu Croácia por 3 a 0 na Copa do Mundo / Créditos: Getty Images

Eu vou falar. Era exatamente o que a gente esperava que tivesse acontecido no jogo do Brasil com a Croácia. Que a Croácia ficasse com a bola e que os jogadores brasileiros decidissem o jogo como a Argentina está decidindo. Era isso que se esperava. Mas não se pode deixar um marcador no meio do campo para marcar três caras que jogam na Inter, no Chelsea e no Real Madrid. A Argentina faz aquilo que o mundo esperava que o Brasil fizesse”, completou.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!