Sportbuzz
Testeira
Futebol / CASO DE RACISMO

Flamengo: Laudo confirma ataques racistas a Gabigol

Laudo solicitado pelo Flamengo comprova autenticidade de vídeo que registrou gritos racistas de torcedores do Fluminense em clássico do Cariocão

Redação Publicado em 14/02/2022, às 21h18 - Atualizado às 21h19

Flamengo: Laudo confirma ataques racistas a Gabigol em clássico - Paula Reis/ Flamengo/ Flickr
Flamengo: Laudo confirma ataques racistas a Gabigol em clássico - Paula Reis/ Flamengo/ Flickr

O laudo solicitado pelo Flamengo confirmou os gritos racistas direcionados ao atacante Gabriel Barbosa, após o clássico contra o Fluminense, pela quarta rodada do Campeonato Carioca. Na saída para o vestiário ao encerramento da partida, o camisa 9 do rubro-negro foi alvo de racismo por parte de alguns torcedores do Tricolor. A informação é do “GE”.

Ao tomar conhecimento do caso divulgado nas redes sociais, o Flamengo solicitou um laudo para investigar a autenticidade do vídeo. Após análise feita por um perito, foi confirmado que o registro não foi editado e que a torcida do Fluminense de fato entoou gritos racistas ao atacante de 25 anos.

Canal - SportBuzz

Segundo o “Globo Esporte”, o laudo foi enviado ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), que já havia aberto um inquérito para analisar o caso. Após a investigação do perito, foi confirmado que a palavra “macaco” foi direcionada ao atacante logo após o clássico carioca, que terminou com a vitória do Fluminense.

Logo após o caso, Gabriel Barbosa se manifestou. Alvo de ataques racistas, o atacante afirmou que ouviu os gritos enquanto ia para o vestiário e que sabia que teriam imagens registrando a injúria. O camisa 9 lamentou o episódio e descreveu como “uma cena muito triste”, porque seu pai e amigos estavam presentes no estádio.

Gabi comemora após marcar gol
Gabi comemora após marcar gol (Crédito: Paula Reis/ Flamengo/ Flickr)

 

“No momento, eu ouvi quando estava descendo para o vestiário, mas estava tão focado no jogo que acaba passando muito rápido, e eu sabia que depois teria alguma imagem para que eu pudesse provar. A gente não conseguiu achar quem foi, mas é uma cena muito triste porque meus pais e meus amigos estavam lá. É algo que não é viável e que não tem tamanho para quem passa por isso. Fiz isso e faço porque posso representar muitas pessoas que sofrem, e a gente não vê. Ter um exemplo e uma voz ativa é muito importante. Espero que as devidas medidas sejam tomadas. Vi que o Flamengo está se posicionando, o Fluminense tem ajudado, muito legal também receber a mensagem do Vasco. Não é só futebol, é algo que todos devemos entender que não deve existir isso”, declarou à “FlaTV”.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!