Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

E agora, Flamengo? Grêmio se irrita e ameaça não jogar; saiba mais

Grêmio enfrenta o Flamengo no dia 15 de setembro pela Copa do Brasil e no dia 19 de setembro pelo Brasileirão

Redação Publicado em 08/09/2021, às 14h26 - Atualizado às 14h46

Grêmi ameaça não entrar em campo contra o Flamengo na Copa do Brasil - GettyImages
Grêmi ameaça não entrar em campo contra o Flamengo na Copa do Brasil - GettyImages

Na próxima quarta-feira, 15, Flamengo e Grêmio vão fazer o jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. A equipe carioca goleou os rivais no Rio Grande do Sul e possui larga vantagem para o confronto no Maracanã, que será realizado às 21h30 e com torcida. No entanto, a presença de público irritou alguns dirigentes gremistas. 

 

Em entrevista para a "Rádio Guaíba", Marcos Hermann, vice-presidente do Grêmio, e Nestor Hein, diretor jurídico do clube, afirmaram que o Tricolor não vai a campo caso tenha torcedores nas arquibancadas do Maracanã. O último dirigente, por sinal, fez um forte desabafo e deixou claro que os gaúchos não vão jogar contra o Fla se a torcida estiver no estádio. 

"O Grêmio teve um jogo com o Flamengo sem torcida. Por sistema de equidade e pelo regramento da CBF, o segundo também tem que ser assim. Se o Flamengo insistir, nós não jogaremos. Se tiver torcida, o Grêmio não entra em campo", afirmou Nestor Hein, que ainda viu Hermann completar com sua opinião. 

"O que vale para um, tem de valer para o outro, seja na Copa do Brasil, seja no Brasileirão. Senão tem desequilíbrio técnico", completou o vice-presidente tricolor. Depois dessas declarações, o jornal "O Globo" também procurou Nestor Hein, que voltou a desabafar sobre o tema e ameaçar de não entrar em campo. 

"Flamengo jamais leva em consideração o interesse dos outros clubes. Está em um Olimpo. O Grêmio, antes da reunião, tem a seguinte posição: Igualdade para todos. É o normal. Só o cumprimento das regras", concluiu.

PÚBLICO NO MARACANÃ!

Nos últimos dias, o Flamengo conseguiu uma liberação junto com a Prefeitura do Rio de Janeiro para ter entre 35% e 50% de público no estádio do Maracanã. A liberação irá começar a valer para o dia 15 de setembro e o órgão também aproveitou para acatar o pedido rubro-negro, que era de ter torcedores presentes nos jogos da Copa do Brasil e Libertadores. 

Ou seja, nos jogos do Flamengo contra o Grêmio nos dias 15, pela Copa do Brasil, e 19, pelo Brasileirão, o time carioca teria a liberação de 24 mil pessoas no primeiro embate, 28 mil no segundo e, diante do Barcelona-EQU, pela Libertadores, ocorreria a presença de 34 mil torcedores no Maracanã.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!