Sportbuzz
Testeira
Futebol / PRA QUE ISSO?

Flamengo é multado por usar ‘apelidos’ em camisas de jogadores contra o Olimpia

Conmebol multou o Flamengo por utilizar apelidos nas camisas de ‘Vitinho’, ‘Matheuzinho’ e ‘Gabi’

Redação Publicado em 01/09/2021, às 19h43 - Atualizado às 19h53

Flamengo é multado por usar ‘apelidos’ em camisas de jogadores contra o Olimpia - Getty Images
Flamengo é multado por usar ‘apelidos’ em camisas de jogadores contra o Olimpia - Getty Images

O Flamengo recebeu uma multa da Conmebol no valor de 12 mil dólares (R$ 62 mil na cotação atual) por utilizar "apelidos não autorizados" nas camisas de três jogadores durante a partida contra o Olimpia, em Assunção, pelas quartas de final da Libertadores. Tratam-se de Vitinho, Matheuzinho e Gabi (Gabigol), que levam os respectivos apelidos nas costas das camisas.

A entidade máxima do futebol sul-americano também advertiu o clube por cometer infrações a quatro artigos do Manual de Clubes e do Código Disciplinar da Conmebol.

O rubro-negro não tem direito a entrar com recurso para tentar voltar atrás na decisão e o valor será descontado do total que o clube tem para receber por direitos de transmissão e patrocinadores por ter participado da Libertadores.

O Flamengo despachou o Olimpia nas quartas de final, após golear os paraguaios por 4 a 1, no jogo de ida, e 5 a 1 na volta. Agora, a equipe carioca terá pela frente o Barcelona de Guayaquil, do Equador, nas semifinais, que acontecem nos dias 22 e 29 de setembro.

 

 

FLAMENGO MANDARÁ JOGO EM BRASÍLIA

Após vencer o Grêmio por 4x0, no jogo de ida das quartas de finais da Copa do Brasil, fora de casa, agora o Flamengo se prepara para receber o Imortal na partida decisiva. 

Para a volta, a decisão da diretoria flamenguista foi de mandar o jogo em Brasília, mesmo com Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, deixando em aberto a possibilidade de o clube poder voltar a ter portões abertos no Maracanã.

O prefeito revelou o pedido do Flamengo por liberação, mas não confirmou se seria possível, apenas disse que falaria com a secretaria da saúde para buscar uma definição.  Além do mais, ele revelou que, no último pedido, já havia liberado, mas o clube não se contentou com 10% da capacidade do estádio.

Em Brasília, a prefeitura liberou o clube a usar 30% da capacidade do Mané Garrincha. Essa porcentagem equivale a cerca de 20 mil torcedores que, seguindo o protocolo, devem ocupar o espaço todo do estádio com o distanciamento correto entre as cadeiras.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!