Sportbuzz
Testeira
Futebol / ELIMINATÓRIAS

Fifa lamenta suspensão de Brasil x Argentina e informa que tomará decisão ‘no devido tempo’

Entidade comenta sobre cenas anteriores à suspensão do clássico sul-americano, válido pela sexta rodada das Eliminatórias

Redação Publicado em 06/09/2021, às 10h20 - Atualizado às 10h22

Fifa lamenta suspensão de Brasil x Argentina e informa que tomará decisão ‘no devido tempo’ - GettyImages
Fifa lamenta suspensão de Brasil x Argentina e informa que tomará decisão ‘no devido tempo’ - GettyImages

Após a suspensão da partida entre Brasil e Argentina, pela sexta rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, a Fifa divulgou uma nota oficial nesta segunda-feira, 6, para lamentar o episódio na Neo Química Arena, em São Paulo.

A entidade máxima do futebol ainda informou que vai analisar o caso para definir como vai conduzir o clássico sul-americano “no seu devido tempo”.

“A Fifa lamenta as cenas anteriores à suspensão da partida entre Brasil e Argentina que impediram milhões de torcedores de desfrutar de uma partida entre as duas das mais importantes nações do futebol no mundo”, diz a nota.

“Os primeiros relatórios oficiais da partida foram enviados à Fifa. Estas informações serão analisadas pelos órgãos disciplinares competentes e uma decisão será tomada no seu devido tempo”, completou.

O duelo entre Brasil e Argentina, marcado para 16h (de Brasília) deste domingo, 5, foi interrompido aos seis minutos do primeiro tempo por agentes da Anvisa e da Polícia Federal por conta de quatro jogadores argentinos que vieram da Inglaterra. Viajantes do país europeu precisam passar por isolamento de 14 dias antes de entrar no Brasil, o que não aconteceu.

Os agentes invadiram o gramado para retirar o goleiro Emiliano Martinez, os meias Emiliano Buendia e Giovani Lo Celso e o zagueiro Cristian Romero. O delegado da partida tentou impedir, mas os agentes chegaram a discutir com os jogadores.

De acordo com a Anvisa, o quarteto argentino teria entrado no país com declarações falsas de onde estavam nos últimos 14 dias. Todos moram na Inglaterra, onde jogam por times do Campeonato Inglês. Na última quinta-feira, eles entraram em campo na vitória por 3 a 1 sobre a Seleção Venezuelana, na Venezuela.

A Fifa vai analisar o caso para definir os próximos passos do clássico sul-americano. A delegação argentina decidiu deixar o gramado e não voltar para a partida. A Seleção Brasileira permaneceu em campo e fez um treino livre após a suspensão do jogo.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!