Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / A DECIDIR

Fifa escuta e Caso Byron Castillo tem previsão de data para resultado

A audiência desta quinta-feira definiu que a Fifa deve decidir a respeito do Caso Byron Castillo até o fim do mês; Chile e Peru buscam vaga na Copa do Mundo

Redação Publicado em 15/09/2022, às 18h26

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Byron Castillo jogando pelo Equador em partida contra o Chile - Marcelo Hernandez / Getty Images
Byron Castillo jogando pelo Equador em partida contra o Chile - Marcelo Hernandez / Getty Images

Nesta quinta-feira, 15, a Fifa realizou mais uma audiência sobre o Caso Byron Castillo. A partir de uma acusação da Federação Chilena de Futebol contra a Federação Equatoriana, a entidade máxima do futebol mundial está investigando a possível escalação irregular do jogador Byron Castillo, em oito partidas das Eliminatórias da Copa do Mundo 2022.

Uma decisão por parte da Fifa deve ser tomada até o fim do mês, podendo até mesmo deixar a Seleção Equatoriana de fora da Copa do Mundo. Uma primeira decisão a respeito do caso já havia sido tomada em junho deste ano, descartando a ação. Porém, o Chile recorreu ao Comitê de Apelações da Fifa, que convocou a reunião de auditoria das partes para esta semana.

No caso, a cidadania equatoriana do jogador é questionada. A versão chilena alega que o jogador nasceu na Colômbia, três anos antes da data declarada em seus documentos do Equador. O pedido do Chile é que a Seleção Equatoriana perca os pontos dos oito jogos de possível escalação irregular de Byron Castillo. Caso a Fifa acate o pedido, o Chile tomaria o lugar do Equador nas Eliminatórias, conquistando sua vaga na Copa do Mundo 2022.

Após a decisão do Comitê de Apelações da Fifa, ainda cabe recurso do Tribunal Arbitro do Esporte (TAS). A justiça do Equador atestou a veracidade dos documentos de Byron Castillo, por meio de duas decisões que foram acatadas pela Fifa inicialmente, em 2021. A Federação Peruana de Futebol também participou da audiência desta quinta-feira, uma vez que o Peru também pode herdar a vaga do Equador na Copa do Mundo.

Taça da Copa do Mundo
Taça Copa do Mundo (Créditos: Stuart Franklin)

O jogador não está participando das audiências, uma vez que entende-se que a ação é contra a Federação Equatoriana, e não contra Byron Castillo. Nesta semana, um áudio de 2018 decisivo para o julgamento foi publicado pelo jornal inglês “Daily Mail”. Nele, o jogador afirmaria ter origem da Colômbia, não do Equador, e ser três anos mais velho do que alega seu passaporte, tendo nascido em 1995, não em 1998.