Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / PROTOCOLO CRIADO!

Fifa cria protocolo antirracismo com três passos e gesto de denúncia

Após casos se multiplicam semanalmente, Fifa cria protocolo de luta contra o racismo com gesto de denúncia e possibilidade de fim da partida

Redação Publicado em 16/05/2024, às 10h08

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Fifa cria protocolo contra racismo - Getty Images
Fifa cria protocolo contra racismo - Getty Images

Com casos se acumulando semanalmente, a Fifa decidiu criar um protocolo antirracismo e irá espalhar as recomendações para todos os 211 filiados à organização. Além de colocar três passos de ações aos juízes, que serão os responsáveis por tomar as medidas cabíveis, a entidade também criou um gesto para denunciar o crime.

O gesto será realizado com os punhos cruzados e a mão aberta, e a partir disso, três ações diferentes serão realizadas. O primeiro passo será anunciar no sistema de som do estádio para pedir que isso não se repita. Se continuar, a partida poderá ser suspensa temporariamente, com a possibilidade de os times retornarem aos vestiários.

Na terceira, o árbitro do jogo pode decidir acabar com a partida, colocando derrota no histórico do time associado aos atos racistas. Além disso, a Fifa afirmou que lutará para que o racismo seja considerado crime em todos os países, e anunciou que irá criar um programa específico de educação, porque, segundo a mesma, "nenhuma criança nasce racista".

Vini Jr sofrendo racismo durante jogo do Real Madrid
Vini Jr sofrendo racismo durante jogo do Real Madrid - Getty Images

Vale lembrar que Vinícius Júnior é o principal personagem dos atos recentes, principalmente na Espanha. O jogador brasileiro é atacado frequentemente por jogadores e torcedores rivais, mas não é o único, com Juan Jesus e Nico Williams também tendo denunciado casos recentemente. Em todas as ocasiões, nenhuma punição foi colocada.