Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » alfinetou!

Fernando Diniz ataca dirigentes do Fluminense após demissão

O ex-treinador falou em coletiva sobre a passagem pelo clube carioca

SportBuzz Digital Publicado em 19/08/2019, às 17h35

None
Fernando Diniz (Crédito: Getty Images)

O ex-treinador do Fluminense, Fernando Diniz, falou em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, 19, sobre sua saída do clube carioca. A demissão veio após um jogo repleto de polêmica por conta do VAR, contra o CSA, no qual perdeu por 1 a 0.

Sem papas na língua, ele alfiniteou os dirigentes do time, em especial o responsável pelo futebol no tricolor carioca: Celso Barros.

"Ele não atrapalhou o meu trabalho. Isso só acontece quando o jogador é afetado por algo negativo de fora. Isso não aconteceu. A gente cresceu. Ganhamos do Peñarol, tivemos desempenho contra o Inter de Porto Alegre. Tivemos infelicidade no domingo. Agora, as declarações dele deixaram nas entrelinhas que talvez fosse desejo dele que o trabalho deveria ser interrompido. Mas quem tem de responder é ele. Eu procuro focar em quem remava junto. Mário Bittencourt remou junto. Pagou em 60 dias três meses de salário. É um cara que deseja melhorar as condições do clube, não tem vaidade pessoal. Torço para que dê certo. Não saio magoado com Celso. Absolutamente. Só fico magoado com quem eu gosto e com quem gosta de mim. Então, não sinto nada. Absolutamente nada", afirmou ele. 

Em contrapartida, Fernando agradeceu a algumas pessoas que lhe ajudaram durante sua atuação. 

"Eu agradeço às pessoas que merecem serem agradecidas. E são essas três, Abad, Fabiano e Mário. Ontem (domingo) eu tive uma conversa muito profunda com o Mário, um amigo que eu fiz", afirmou ele. 

Diniz ainda disse que acredita em uma virada de chave no Fluminense e que o clube escapará da Zona de Rebaixamento, onde se encontra atualmente.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!