Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » DIRETO E RETO!

Felipe Melo, do Palmeiras, revela história curiosa sobre Riquelme e brinca: "Nem para bater deu"

Volante bateu um papo com o capitão da Seleção Brasileira de Futsal pelas redes sociais

Lucas Miluzzi Publicado em 01/04/2020, às 20h54 - Atualizado às 21h32

Felipe Melo em ação com a camisa do Palmeiras
Felipe Melo em ação com a camisa do Palmeiras - GettyImages

Com a paralisação de todos os esportes devido à pandemia causada pelo novo coronavírus, alguns astros do futebol e também do futsal tem usado as redes sociais para interagir entre si. Dessa vez quem bateu um papo foi Felipe Melo, do Palmeiras, e Rodrigo, capitão da Seleção Brasileira.

Os dois se reuniram no Instagram e fizeram uma live onde ambos contaram histórias de suas carreiras. O volante alviverde, inclusive, contou uma história inusitada que aconteceu entre ele e Riquelme, na época que os dois se enfrentaram pelo Campeonato Espanhol.

Ele ainda afirmou que não sentiu diferença do futebol europeu para o brasileiro e comparou a intensidade de ambos. Vale lembrar que o meio-campista atuou por 14 temporadas na Europa e atuou em equipes importantes como Internazionale de Milão, Juventus, Fiorentina e Galatasaray.

 "Futebol é muito intenso. Se você não tem preparado físico, é muito difícil jogar, mesmo tendo qualidade. A intensidade é alta. Muita gente fala de Champions League, mas o jogo aqui também tem uma intensidade do caramba. Quando eu jogava na Espanha, tava concentrado e meu filho Davi nasceu, três horas da manhã. Fui para o hospital, dei um beijo nele e fui jogar contra o Villarreal, que tinha o Riquelme. Não vi a cor da bola, nem para bater deu. E eu tentei bater nos caras, mas não deu. Pelo menos não tomei cartão. Mas hoje em dia, se você não está preparado, vai sofrer", disse.

O jogador ainda fez questão de valorizar o futsal em sua formação enquanto atleta e confessou que as habilidades adquiridas no salão o ajudaram dentro dos gramados. Ele também afirmou que sofreu bastante para se adaptar nas quadras e que teve bastante dificuldade.

"Comecei no futsal. Para ser sincero, tem muita diferença. Fiquei um ano jogando futebol de salão no Madureira, eu sofri. Não tinha noção de espaço, força. É tudo muito diferente. A importância que tem para o futebol de campo você ter feito base no salão, é muito grande. No salão você aprende a proteger a bola, pensar rápido. Isso para o campo é muito importante. O salão me ajudou muito, mas minha paixão sempre foi campo", concluiu.


5 itens que os palmeirenses não podem deixar de ter

1- Bíblia do Palmeirense - https://amzn.to/2MzBC84

2- Caneca Trigger Palmeiras - https://amzn.to/31ylx6D

3- Luminária LED Palmeiras - https://amzn.to/2W1PZFc

4- Almofada de Pipoca - https://amzn.to/2J9irzz

5- Chaveiro Palmeiras - https://amzn.to/2P6JYFD

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

  

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!