Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram Sportbuzz
Futebol » Libertadores

Felipe Melo comenta expulsão em jogo contra o Grêmio: "Foi de maneira injusta, dói"

Jogador cometeu falta em Jean Pyerre e Luciano

SportBuzz Digital Publicado em 21/08/2019, às 09h29

None
- Felipe Melo (Crédito: Getty Images)

Na noite desta terça-feira, 20, foi ao ar a primeira partida das quartas de final da Conmebol Libertadores.

Para a felicidade da torcida alviverde, o Palmeiras venceu o Grêmio por 1 x 0, com gol de Gustavo Scarpa.

Apesar do bom resultado, o time finalizou o jogo com a expulsão do volante Felipe Melo, aos 31 minutos do segundo tempo. Após receber o cartão do árbitro, o atleta foi às lágrimas em campo e precisou ser consolado pelos colegas.

Ele foi advertido por faltas em Jean Pyerre e Luciano.

Em entrevista após o confronto, o jogador disse que considerou a última marcação injusta.

"Deixar a equipe com um a menos é complicado, na minha opinião ele (o arbitro) foi muito rigoroso, foram lances normais de jogo. O choro foi um momento de desabafo, homem chora. Deixar a equipe da maneira que foi, para mim injusta, dói. Existiram faltas que jogadores do Palmeiras e do Grêmio cometeram muito mais fortes e não teve amarelo. (...) Minha função dentro de campo é marcar, defender, ajudar a defesa. Foi uma falta muito normal para me dar um cartão amarelo e me tirar do campo. Ele me tirou faltando sete ou dez minutos e me tirou do próximo jogo. Achei muito rigoroso. O que ameniza minha dor é que fizemos um bom jogo contra uma grande equipe", pontuou ele.

Os clubes voltam a se enfrentar na próxima terça-feira, 27, às 21h30, no estádio do Pacaembu, em São Paulo.