Sportbuzz
Testeira
Futebol / QUE FASE!

Felipão e Ney Franco vão à justiça cobrar atrasados do Cruzeiro

Treinadores acionam a Justiça do Trabalho para receber os atrasados do período em que trabalharam no clube

Redação Publicado em 04/08/2021, às 19h40 - Atualizado às 19h49

Felipão e Ney Franco vão à justiça cobrar atrasados do Cruzeiro - Getty Images
Felipão e Ney Franco vão à justiça cobrar atrasados do Cruzeiro - Getty Images

A coisa não está fácil para o Cruzeiro! Além de estar na zona de rebaixamento da Série B, Luiz Felipe Scolari e Ney Franco, dois ex-treinadores que trabalharam no clube em 2020, acionaram a Justiça do trabalho cobrando valores atrasados que a Raposa ainda não pagou a eles.

Felipão, hoje à frente do Grêmio, treinou o Cruzeiro de outubro de 2020 até janeiro deste ano e acionou a Justiça do Trabalho cobrando salários atrasados deste período e que ainda não foram pagos.

O técnico deixou o clube celeste assim que a última temporada se encerrou, justamente porque não tinha previsão de receber o que haviam acordado com ele. O valor da ação não foi revelado e nem quando haverá uma audiência entre as partes.

 

 

Já Ney Franco foi o antecessor de Felipão na equipe mineira, comandando o time de 9 de setembro a 12 de outubro, deixando a equipe na zona de rebaixamento. O treinador está exigindo o pagamento de R$ 636.594,87 referente à rescisão de seu contrato, FGTS não recolhido e multas.

Quando foi demitido, clube e treinador entraram em um acordo e o Cruzeiro pagaria R$323.452,73 a Ney Franco, dividido em 10 parcelas, mas, até hoje, o time não pagou nenhuma parcela.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!