Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Fábio Santos revela que Danilo Avelar está disposto a debater sobre fala racista: "Ele sabe que errou"

Danilo Avelar teve seu contrato rompido pelo Corinthians após fala racista em jogo virtual

Redação Publicado em 30/06/2021, às 07h41

Danilo Avelar, jogador do Corinthians - GettyImages
Danilo Avelar, jogador do Corinthians - GettyImages

Nesta terça-feira, 29, o lateral Fábio Santos concedeu entrevista coletiva, e foi o primeiro jogador do Corinthians a comentar o caso de racismo envolvendo Danilo Avelar, que está com o seu contrato com o clube em espera por uma rescisão.

Sendo um dos líderes do elenco, e com bastante experiência, Fábio Santos lamentou todo o ocorrido, e ainda afirmou que Danilo Avelar sabe que não adotou uma postura correta, e que o atleta quer falar sobre o tema publicamente para ajudar no combate ao racismo.

"É uma situação chata, o Avelar é um cara muito querido por todos, super correto, que temos como referência no clube. Foi um caso que ele sabe que errou, um erro gravíssimo numa causa que hoje todo mundo tem abraçado de forma incisiva para acabar de vez com essa situação. O clube achou a maneira certa de punir, ele entendeu, não quer dizer que seja racista, teve um episódio errado, sim", disse antes de completar.

"Um ponto positivo é que ele assumiu, não jogou a culpa para um amigo ou familiar. Foi muito homem de assumir seu erro e está disposto a falar sobre o assunto para acabar de uma vez por todas com isso. A gente espera que ele possa ter aprendido e que faça outras pessoas aprenderem a não cometerem mais esse erro", concluiu.

Por enquanto, o contrato de Danilo Avelar com o Corinthians segue ativo, mas somente até que as partes entrem em um acordo para um rompimento amigável, e encontrem um lado em comum sobre o acordo financeiro com o jogador.

Essa decisão foi rapidamente tomada pelo Corinthians depois que o próprio atleta admitiu ter feito um comentário racista em um jogo online, depois da ampla repercussão da fala nas redes sociais. 

Acontece que durante uma partida de Counter-Strike: Global Offensive há uma semana, Danilo Avelar postou um comentário no chat do jogo em que dizia a frase racista para outro usuário.

"Fih (filho) de rapariga preta", escreveu o jogador.

Em nota, Danilo Avelar pediu desculpas, assumiu que errou, e desde então não falou mais sobre o assunto.

"Fala, galera.

Venho aqui falar com vocês sobre a injúria de conotação raciaç que tem rolado pelas redes sociais atrelado ao meu nome.

Antes de mais nada, quero admitir o meu erro. O que eu escrevi durante a partida não condiz com o que eu penso e o que vou ensinar a meu filho.

Todos sabem que eu jogo CS:GO e, em uma das partidas, fui ofendido por um jogador estrangeiro na minha condição de brasileiro. Perdi a cabeça mas, infelizmente, piorei a situação: cometi o erro grave de escrever a um adversário uma frase de conotação racista.

Errei, falhei e me envergonho muito disso. Na nossa sociedade temos que abolir qualquer forma de racismo.

Gostaria de me desculpar com todos, sem exceção, mas sobretudo com a comunidade afrodescendente. De coração aberto, estou disposto a fazer desse erro um aprendizado honesto e integral.

Este casome abriu os olhos para este grave problema em nossa sociedade. A reflexão que fica é que devemos fazer mais para combater o racismo com vigor e urgência, sem brechas nem exceções.

Também quero me desculpar com o Corinthians, uma instituição que desde sempre prega e luta pela igualdade, com a Fiel torcida e com meus companheiros de equipe.

Reitero, uma vez mais, que meu histórico e meu caráter não condizem com o que eu escrevi e que eu estou disposto a crescer, melhorar e mudar.

Abraços".


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!