Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » EFEITO RED BULL

EXCLUSIVO: Léo Ortiz fala sobre ano "da virada" e sobre o começo de Felipe Conceição no trabalho: "Ele sabe o melhor de cada atleta"

O jovem defensor do RB Bragantino é um dos destaques dos touros vermelhos, que vive uma alta expectativa na temporada pelos altos investimentos

Marcello Sapio Publicado em 19/02/2020, às 14h41

Léo Ortiz fala com exclusividade para o Sportbuzz
Léo Ortiz fala com exclusividade para o Sportbuzz - Transmissão Instagram

O Red Bull Bragantino começou a temporada de 2020 como a principal aposta, devido ao aporte milionário da empresa austríaca de bebidas energéticas.

Foram liberados cerca de R$200 milhões para contratações. Até o momento, o clube vem surpreendendo e é o segundo que mais  investiu em reforços, perdendo apenas para o Flamengo.

Ao todo, foram cerca de 90 milhões de reais em contratações nesta janela, o que colocaram o time do interior paulista como franco atirador nos principais campeonatos nacionais.

Um dos líderes da equipe é o zagueiro Léo Ortiz. O defensor, de 24 anos, participou de toda a transição de Bragantino para Red Bull Bragantino e, com pouco tempo, virou uma das peças principais nas campanhas do Paulistão de 2019, além do título da Série B.

Em uma entrevista exclusiva ao Sportbuzz, ele falou sobre a carreira e sobre toda essa expectativa que é colocada nos Touros Vermelhos para a temporada.

Ao ser perguntado sobre os altos investimentos e a alta expectativa que colocam sobre a equipe, em plena volta à elite nacional, Léo disse: "Acho que é natural. Quando se tem um projeto como o da Red Bull tem hoje no Brasil se cria essa expectativa, muito por parte de fora. Com as peças que vão chegando a gente cria também, mas acho que temos que ir com o pé no chão, é o que a gente vem conversando bastante dentro do vestiário e nos treinos. É um projeto à longo prazo, então as vezes o projeto se torna um pouco mais lento, mas tem que ser bem feito. Se acontecer antes do planejado, que ótimo, como aconteceu na Série B, que subimos com folga. Tem que sonhar alto, mas temos que manter os pés no chão e saber que tem muito trabalho a ser feito, já que o nível subiu, também."

Léo Ortiz esteve presente na campanha da Série B, sendo um dos destaques da campanha, chegando até a figurar na seleção do campeonato, pelo Footstats.

Atuando antes pelo Red Bull Brasil no primeiro semestre, fez a melhor campanha da primeira fase do Paulista e se sagrou campeão do interior. Léo comentou sobre a temporada passada que desempenhou e traçou com o Red Bull.

"O projeto no Red Bull Brasil já era bem feito no Campeonato Paulista de 2019, fomos campeões do Interior, fizemos a melhor campanha da primeira fase, mas pegamos o Santos do Sampaoli, que vinha em um momento fantástico e infelizmente perdemos, mas conseguimos conquistar o Paulista do Interior e nessa transição para o RB Bragantino potencializou com questão da torcida, da tradição da cidade de Bragança em relação ao futebol, que é apaixonada e vive em função do clube, por não ser uma cidade tão grande, acabam sendo mais apaixonadas pelo clube da cidade e isso potencializou o projeto, que já vinha sendo bem feito e o plantel que tinha sido escolhido, além dos jogadores que vieram para o Brasileiro e fortaleceu, mas acho que o projeto da Red Bull com a tradição do Bragantino acabou facilitando que tivéssemos uma boa campanha na Série B.", disse o zagueiro.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Léo Ortiz (@leortiz33) em

 

Léo, também fez questão de enfatizar a questão da torcida e a importância que terá no Campeonato Brasileiro: "Eu peguei a Red Bull Brasil e o Red Bull Bragantino. Fizemos a melhor campanha do Paulistãojogando contra os times considerados pequenos para mil pessoas, menos até, e quando enfrentávamos os grandes, o estádio era lotado, mas com a torcida adversária.Mas agora foi diferente, principalmente no jogo contra o Palmeiras, nesse ano, que a torcida do Bragantino encheu a sua parte, como a do Palmeiras, e mudou muito a atmosfera do jogo, essas coisas influenciam o adversário por conta da atmosfera e dá aquele empurrãozinho a mais, porque nós sabemos que na Série A praticamente os 38 jogos são contra times grandes."

Por outro lado, o Bragantino vem oscilando no Campeonato Paulista. Com oito pontos conquistados, o time aparece na terceira posição do grupo D, empatado com o Corinthians (segundo colocado) e um ponto atrás do líder; Guarani.

Vale lembrar que o time sofreu uma perda no início da temporada. O treinador da equipe, Antônio Zago, aceitou a proposta do Yokohama Marinos e  foi para o Japão.

Léo comentou sobre a fase atual da equipe e acredita ainda que pode evoluir mais: "A gente não esperava a troca de treinador no começo, a saída do Zago e a entrada do Vinícius. Ele assumiu interinamente, começou o trabalho contra o Santos, onde até fizemos um bom jogo lá, depois perdemos para a Inter de Limeira, mas sabíamos que seria um processo um pouco mais demorado, por essa troca de treinador porque tem essa filosofia da Red Bull de um time ofensivo e tem o dedo do treinador de mudar uma coisa ou outra e os jogadores têm que se adaptar. Teve a chegada do Felipe Conceição após o jogo contra a Inter de Limeira e contra o Novorizontino, empatamos fora e aí veio o jogo do Palmeiras, no qual fizemos uma boa vitória e gerou uma expectativa de que seria rápida essa adaptação. O Felipe passa para a gente que esse processo requer tempo e vai oscilar em algum momento, mas vai acertar em alguns momentos e temos acertado em casa, contra o Palmeiras foi um grande exemplo disso"

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Léo Ortiz (@leortiz33) em

 

Antônio Zago foi um dos principais responsáveis por ter levado Léo ao Red Bull, devido ao tempo que trabalharam juntos no Internacional. Ele comentou da importância do treinador na sua carreira: "Eu sempre falo, em todos os momentos, que foi um cara muito importante para mim. Ele me pegou logo que subi na base e ainda era muito cru, tinha que aprender muito e ele me deu esse tempo para amadurecer e crescer cada vez mais na parte defensiva e também sempre me cobrava falando que eu tinha a qualidade para sair jogando, construir jogadas, para poder ajudar desde trás na saída de bola e não tenho palavras para descrever a importância dele e ter a confiança dele, tanto no Inter, tanto quando ele me trouxe para o Red Bull Brasil e isso é um prazer enorme por ele ter sido um grande zagueiro no país"

Atual treinador do Red Bull Bragantino, Felipe Conceição chegou e obteve resultados expressivos, como a vitória por 2 a 1 no Palmeiras e a por 3 a 0 no Oeste, na rodada mais recente do Campeonato Paulista.

Léo falou sobre os treinos do novo treinador e suas impressões sobre o trabalho de Felipe Conceição: "É muito trabalhador, muito estudioso e chegou para potencializar o que já estava sendo feito ano passado. Ele nos enfrentou na Série B do ano passado, então sabia os nossos pontos positivos e negativos, pegou os nossos jogos para mostrar que pontos tinhamos a melhorar e está colocando isso nos trabalho para crescer cada vez mais. Ele sabe o melhor de cada atleta e está agregando bastante. É um processo e pode oscilar, mas vai agregar bastante e vai colocando isso em prática jogo a jogo e tem tudo para construir grandes momentos no Red Bull Bragantino"

Como um dos remanescentes do Red Bull Brasil, e com passagens por grandes clubes do Brasil, como Interncaional e Sport, ele comentou se vê, ou não, uma diferença, no dia-a-dia, no modelo de gestão clube-empresa (o caso do RB Bragantino) para o "convencional".

"Percebe. A gestão é muito mais profissional. Não tendo tantas pessoas que influenciam nas decisões do clube em geral; no Brasil se tem muitos conselheiros, muitos dirigentes e com mais pessoas, mais opiniões se divergem. Aqui na Red Bull, tem poucos caras que trabalham na gestão aqui no Brasil, claro que tem influência de fora, mas por ser uma empresa, cada um tem uma função e o Thiago gere muito bem, tivemos a chegada do Sandro, um cara que passou por clubes europeus e sabe muito bem como funciona e tem nos ajudado bastante. Então as pessoas que eles trazem são sempre para agregar de uma forma certeira.", disse Léo Ortiz.

Tanto o Bragantino quanto Léo estarão em campo no próximo domingo, 23, contra o Santo André, time de melhor campanha no Estadual, às 16h, no Nabi Abi Chedid. Pelos Touros Vermelhos, o defensor acumula 40 jogos e anotou quatro gols.


5 itens do seu time do coração que você não pode ficar sem

1- Camisa Adidas São Paulo 2018 - https://amzn.to/31uv12K

2- Livro Maquete 3D Estádio Vila Belmiro - https://amzn.to/2IZ3AaY

3- Mochila Corinthians - https://amzn.to/2psy3ax

4- Caneca com Abridor,  Flamengo - https://amzn.to/31uUJnQ

5- Fone de Ouvido Cruzeiro - https://amzn.to/33GhR4d

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!