Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » ANÁLISE

Ex-treinador do Palmeiras relembra trabalho ao lado de Borja e analisa: "Cobrança e expectativa foram gigantes"

Atacante colombiano encontrou dificuldades para se adaptar ao clube e ao futebol brasileiro

Guilherme Assumpção Publicado em 17/06/2020, às 15h03

Borja está emprestado ao Junior Barranquilla-COL
Borja está emprestado ao Junior Barranquilla-COL - GettyImages

A contratação do atacante Miguel Borja foi vista pelos torcedores do Palmeiras como solução dos problemas no ataque do clube. Na ocasião, o colombiano havia se destacado no Atlético Nacional, da Colômbia, e chegou com grande expectativa.

Apesar de algumas boas atuações, Borja não conseguiu se adaptar totalmente ao Palmeiras e sua saída foi vista como necessária ao final da temporada passada. O atacante foi emprestado ao Junior Barranquilla-COL.

Para tentar explicar a dificuldade na adaptação do colombiano ao clube e ao futebol brasileiro, o treinador Eduardo Baptista, do CSA, concedeu entrevista ao site Globo Esporte e avaliou o período em que trabalhou ao lado de Borja.

“Ele [Borja] é um menino introvertido, diferente do Mina, também colombiano. O Borja chegou muito tímido e com o peso de ser o cara do Palmeiras, o cara que ia levar o Palmeiras ao título da Libertadores”, explicou Eduardo.

“E ele já sentiu tudo isso, sentiu uma pressão muito grande. E diante do tempo de adaptação, que é necessário, ele não teve. Ele entrava, se cobrava muito porque não dava certo, ele se perdia na concentração e por isso não conseguiu pegar uma sequência forte”, acrescentou.

Além da personalidade mais tímida, as cobranças da torcida palmeirense também pesaram nas más atuações do atacante. Segundo Baptista, Borja sentia a pressão sobre seu futebol e encontrava dificuldades para desempenhar seu talento dentro de campo.

“É um bom jogador, mas a cobrança e a expectativa geradas em cima foram gigantes. E aí não foi dado tempo a ele para isso. Chegou e foi logo jogar, aí vem cobrança e, tudo isso, pesa para um garoto de vinte e poucos anos”, concluiu.

Mesmo com todas estas questões, Borja segue vinculado ao Palmeiras até o final de 2021. No clube alviverde, o atacante disputou 112 partidas e anotou 36 gols.


5 itens que os palmeirenses não podem deixar de ter

1- Bíblia do Palmeirense - https://amzn.to/2MzBC84

2- Caneca Trigger Palmeiras - https://amzn.to/31ylx6D

3- Luminária LED Palmeiras - https://amzn.to/2W1PZFc

4- Almofada de Pipoca - https://amzn.to/2J9irzz

5- Chaveiro Palmeiras - https://amzn.to/2P6JYFD

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!