Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

Ex-treinador do Grêmio relembra bronca monumental em Douglas Costa: "Não sabe m***a nenhuma"

Celso Roth, ex-treinador do Grêmio, relembrou bronca que deu em Douglas Costa

Redação Publicado em 21/05/2021, às 17h20 - Atualizado às 18h19

Celso Roth, responsável por revelar Douglas Costa, deu detalhes de bronca em atacante do Grêmio - GettyImages
Celso Roth, responsável por revelar Douglas Costa, deu detalhes de bronca em atacante do Grêmio - GettyImages

Douglas Costa está de volta ao Grêmio depois de 12 anos longe do clube que o revelou para o futebol. Cria das categorias de base do Tricolor, o atacante se destacou com a camisa da equipe gaúcha ainda muito cedo e tirava suspiros de Celso Roth, que o treinou em 2008 e 2009. 

 

Em entrevista para a "ESPN Brasil", o ex-treinador do Grêmio relembrou uma situação curiosa que viveu com Douglas Costa em 2009. Na época, durante um treinamento, o atacante, que ainda era um promessa, levou uma grande bronca de Celso Roth ao errar um lance. 

“Quando o Maxi López faz o pivô, a barreira, alguém tem que afundar, e tem que ser você, que tem velocidade. Você acha que sabe tudo, mas não sabe merda nenhuma”, esbravejou com Douglas Costa na oportunidade. Depois disse, em 2021, ele deu maiores detalhes de sua irritação.

"Qualquer coisa que eu falava a impressa ouvia, porque o campo de treinamento era do lado do Olímpico. Ele já não estava no mesmo nível que tinha apresentado antes. Foi uma dura de um comandante, de um treinador, de um pai, que se tomou uma dimensão que tomou essa proporção porque todos ouviram. É algo corriqueiro, mas que ficou maior por isso", contou.

Mas nem só de críticas vivia Douglas Costa. Celso Roth, que foi o responsável por colocar o então promissor atacante no time profissional, também detalhou como foi o processo de inserção do jogador a equipe principal e ressaltou que o atleta não sentia a pressão. 

"Fomos para um jogo contra o Botafogo e eu tinha necessidade de um jogador para compor o elenco porque estávamos com problemas de lesões e suspensões. Eu precisava de um meia canhoto que jogasse pela esquerda e fosse destaque. Falei com o pessoal da base, mas ainda não conhecia o Douglas, a gente jogava duas vezes por semana e não conseguía treinar com a base para vê-los", seguiu.

"Eles me indicaram o Douglas, que estava no sub-20, mas era muito jovem. Ele fez um treino no profissional e já o escalei para ser titular contra o Botafogo, no estádio Olímpico. Ele entrou como quarto homem do meio de campo pela esquerda. Ele foi muito bem tecnicamente e taticamente, além de ter feito o primeiro gol do Grêmio na vitória por 2 a 1. Depois disso, ele não saiu mais do elenco. Nosso time era muito bom e fomos vice-campeões do Brasileiro", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!