Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » SERÁ?

Ex-jogador do Santos pode ultrapassar recorde de Loco Abreu; entenda!

Atualmente o uruguaio é o atleta que mais passou por clubes diferentes na carreira

Isabelly Cristaldo Publicado em 17/04/2020, às 08h19

Loco Abreu pode perder o título para Frontini
Loco Abreu pode perder o título para Frontini - GettyImages

O atacante uruguaio, Loco Abreu, carrega desde 2018 o recorde de ser o jogador que mais passou por clubes de futebol profissional.

Hoje em dia, com 43 anos e jogando no Boston River, o jogador já passou por 29 times diferentes em sua carreira. Mas parece que sua marca história está prestes a ser batida.

O argentino Frontini, de 38 anos, já acumula 33 clubes em sua carreira e quer ser reconhecido no Guinness Book (assim como Abreu).

Em entrevista ao Globo Esporte, o jogador afirmou: “Eu acredito que estamos empatados, se for considerar equipes que jogaram competições nacionais. Está em 29 a 29. Seria legal passar dele”.

Frontini vestiu profissionalmente a camisa de: Mogi Mirim, Corinthians-AL, Vitória, Vosrkla Plotava-UCR, União Barbarense, Marília, Ponte Preta, Santos, Pohang Steelers, América-RN, Figueirense, Mirassol, Goiás, Botafogo-SP, CRB, Bragantino, Remo, Duque de Caxias, Boavista-RJ, Ipatinga, Red Bull-SP, Brasiliense, Volta Redonda, Vila Nova, Botafogo-PB, Crac, Sergipe, XV de Piracicaba, Confiança, Ypiranga-RS, Cianorte-PR, Jaraguá-GO e Treze.

Uma vantagem para Frontini é que, na contagem de Loco Abreu, é considerado o Rio Branco-ES, clube onde jogou em 2019.

Apesar de ser uma equipe tradicional do estado, naquele ano, o time disputou apenas competições do Espírito Santo e não jogou nenhuma competição nacional. O que pode ajudar o argentino a ser reconhecido como o novo dono do recorde.

O jogador nunca defendeu nenhum clube em seu país de origem e ficou mais conhecido no futebol brasileiro por sua passagem em 2005 pelo Santos, o maior clube de sua carreira.

Em entrevista ao programa Ataque Futbolero, ele relembrou a sua passagem no Peixe e falou em qual clube argentino queria jogar.

“Foi uma passagem muito boa no Santos, mas que acabou sendo atrapalhada por conta de duas lesões que tive. Mas foi bom jogar num grande clube do país. Eu queria muito ter jogado na Argentina, não penso em parar ainda, e, quem sabe, eu possa jogar no meu país. Na Argentina eu sou Estudiantes, seria um prazer jogar lá. Sou um atacante de área, que joga perto do gol. Batistuta é uma das minhas referências. Vi muito ele na passagem pelo futebol italiano, na Fiorentina e na Roma. No Brasil, Ronaldo é outra referência que tenho”, disse o atacante.

Apesar da marca importante e histórica que pode ser reconhecida pelo Guinness no futuro, o atleta faz questão de ressaltar que isso é secundário. Seu maior objetivo é ganhar títulos pelo Treze, sua atual equipe:

“É legal a marca, mas eu só vou continuar em campo enquanto eu tiver condições. Não é nenhuma obsessão. Me sinto bem ainda e tenho prazer em jogar. Não tenho data para parar. Foco no momento e estou me entregando 100%. Quero ser campeão em todo lugar e é assim no Treze. Acredito que serei campeão no Treze”, finalizou.


5 itens do seu time do coração que você não pode ficar sem

1- Camisa Adidas São Paulo 2018 - https://amzn.to/31uv12K

2- Livro Maquete 3D Estádio Vila Belmiro - https://amzn.to/2IZ3AaY

3- Mochila Corinthians - https://amzn.to/2psy3ax

4- Caneca com Abridor,  Flamengo - https://amzn.to/31uUJnQ

5- Fone de Ouvido Cruzeiro - https://amzn.to/33GhR4d

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!