Sportbuzz
Testeira
Futebol / NÃO ENXERGAVA?

Ex-jogador do Palmeiras revela fato inustidado sobre ex-goleiro Marcos: "Ele não enxergava direito"

O ex-atleta, hoje aposentado, relembrou a trajetória pelo clube alviverde

Isabelly Cristaldo Publicado em 03/05/2020, às 13h59

André Cunha fez uma revelação inusitada do jogador - Instagram
André Cunha fez uma revelação inusitada do jogador - Instagram

André Cunha já teve passagens por diversos clubes brasileiros, entre eles o Palmeiras, Ponte Preta e Fortaleza.

Atualmente com 41 anos, o ex-jogador deixou os gramados em 2019. Ele iniciou a carreira como lateral-direito, mas terminou a carreira no meio de campo.

Depois de optar pela aposentadoria, Cunha não quis deixar o esporte de lado e agora atua como professor de escolinha de futebol para crianças em Araçatuba, sua cidade natal.

Em conversa com o Globo Esporte, o ex-Palmeiras relembrou passagens marcantes pelo Verdão.

Como a vez em que foi surpreendido durante um jogo da Libertadores em 2005, por uma revelação de Marcos, goleiro pentacampeão com o Brasil, de que tinha dificuldade para enxergar.

“Em Táchira, na Venezuela, contra o Deportivo Táchira, e o Marcos, goleiro, estávamos no segundo tempo, acho que nos 43, e apagou uns refletores, e ele era o capitão, o juiz veio falar com ele e estávamos perto, aí o juiz: "E aí, Marcos, dá para continuar?". Aí ele: "Não, não dá". E eu falei: "Ué, Marcos, vamos, faltam dois minutos, estamos ganhando o jogo". E ele falou assim: "Ô Tocha,ele me chamava de Tocha, você é louco, eu já não enxergo no claro, imagina no escuro". Eu comecei a rir no meio do jogo porque não sabia disso, que ele não enxergava direito, então isso é um fato que eu sempre lembro.”

André defendeu o alviverde nesse mesmo ano, quando foi titular a maior parte do tempo das campanhas que levaram o time ao nono lugar no Paulista, ao quarto no Brasileirão e às oitavas de final da Libertadores.

“Passar pelo Palmeiras pra mim foi um sonho, principalmente porque era um sonho de criança né, jogar em um clube grande de São Paulo, então ter realizado isso, pra mim foi motivo de orgulho, uma experiência muito grande, conviver com Marcos, com Sérgio, com Gamarra, Juninho Paulista, vários jogadores de nome. Acho que isso que me deu mais motivação para eu seguir para a minha carreira, para jogar até os 40 anos, isso marca na pele de um atleta, e pra mim não foi diferente", disse.

Cunha completou, afirmando que viveu um sonho de criança no Palmeiras.

"Vivi momentos bons e ruins no clube, mas realizei um sonho de criança lá, e isso ninguém vai apagar da história”, finalizou.


 

5 itens que os palmeirenses não podem deixar de ter

1- Bíblia do Palmeirense - https://amzn.to/2MzBC84

2- Caneca Trigger Palmeiras - https://amzn.to/31ylx6D

3- Luminária LED Palmeiras - https://amzn.to/2W1PZFc

4- Almofada de Pipoca - https://amzn.to/2J9irzz

5- Chaveiro Palmeiras - https://amzn.to/2P6JYFD

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!