Sportbuzz
Testeira
Futebol / EXCLUSIVO

Ex-Corinthians e Santos, Renê Jr abre o jogo sobre futuro

Sem clube após saída da Chapecoense, volante Renê Jr comenta sobre preparação individual e conversas com clubes para temporada de 2022

Redação Publicado em 24/01/2022, às 22h00 - Atualizado às 22h02

Ex-Corinthians e Santos, Renê Jr abre o jogo sobre futuro - Pedro Souza/ Atlético-MG/ Flickr
Ex-Corinthians e Santos, Renê Jr abre o jogo sobre futuro - Pedro Souza/ Atlético-MG/ Flickr

Sem clube desde sua saída da Chapecoense, Renê Jr segue em preparação individual para a temporada de 2022. Apesar de ainda não ter definido seu futuro para este ano, o jogador ex-Bahia, Corinthians e Santos destacou que manter a rotina de treinos é importante para evitar lesões em seu retorno aos gramados.

A preparação tem sido da melhor forma: trabalhando aquilo que preciso e fortalecendo bastante para, quando voltar, estar bem e não ter risco de (sofrer) lesão”, disse o volante por meio de sua assessoria.
 

Canal SportBuzz

Depois de defender a Chapecoense na segunda metade do Campeonato Brasileiro do ano passado, o volante encerrou sua passagem pelo Verdão do Oeste ao término da competição. O jogador afirmou que vem conversando com frequência com outros clubes para definir seu destino em 2022. 

“Estou conversando toda semana com alguns clubes, mas ainda não fechamos nada. Espero poder concretizar logo algo e poder voltar fazer o que eu amo, porque tenho muita coisa para render ainda, sem dúvida nenhuma”, afirmou o volante de 32 anos.

Renê Jr, campeão paulista pelo Corinthians
Renê Jr, campeão paulista pelo Corinthians

 

Por fim, o jogador comentou sobre sua identificação com os clubes que defendeu e voltou a destacar a torcida do Bahia. Renê Jr afirmou que ficaria feliz se um dia tivesse a oportunidade de retornar ao Tricolor de Aço e falou que entende as “portas gigantes” abertas por Santos e Corinthians.

“O clube que mais criei identidade foi o Bahia. Foi o clube que me fez me sentir em casa, que mais me abraçou e minha relação com a torcida é ótima até hoje. Se um dia tiver a oportunidade de voltar, ficaria muito feliz. Não sei porquê ainda não deu certo... Sem dúvidas foi o Bahia (onde criei a melhor identificação). O Corinthians e o Santos me abriram portas gigantes e tenho muito respeito, mas é com o Bahia que tenho maior carinho”, completou o volante. 


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!