Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Ex-Barcelona relembra atrito com Messi e revela: "Conversa forte. Foi o único a falar na minha cara"

Francês abriu o jogo sobre a polêmica quando ainda era diretor esportivo do Barcelona

Redação Publicado em 22/03/2021, às 14h01

Messi, jogador do Barcelona reclamando em campo
Messi, jogador do Barcelona reclamando em campo - GettyImages

A demissão de ÉricAbidal, que está sendo vista como um dos momentos mais turbulentos da história recente do Barcelona, ganhou um novo capítulo nesta segunda-feira, 22.

Em entrevista ao jornal "The Telegraph", o francês abriu o jogo sobre uma polêmica em seu período como diretor esportivo do clube, e com o maior nome do elenco catalão, Lionel Messi.

Depois de trocar ErnestoValverde por QuiqueSetién no comando da equipe no decorrer da última temporada, o ex-jogador afirmou que a mudança no comando técnico era necessária por conta de "Problemas internos" no vestiário, e que "Muitos jogadores não estavam satisfeitos" com o treinador.

Segundo Abidal, a declaração não dizia respeito a um possível "Corpo mole" do elenco enquanto Valverde estava no comando.

"Nunca disse que os jogadores queriam derrubar Valverde, mas sim que acreditava que tinham de treinar mais forte. Se você quer ser o melhor, tem que treinar como o melhor. A única forma de ganhar é fazer bem o trabalho durante a semana", disse, revelando que conversou frente a frente com Messi sobre o ocorrido.

"Messi falou comigo pessoalmente. Tivemos uma conversa forte. Não tive problema, gosto de ser transparente. Gosto dele, foi o único jogador que me disse a sua opinião na minha cara. Eu o respeito", contou.

A passagem de Éric Abidal como diretor do Barcelona se encerrou com em agosto de 2020, dias depois do vexame da goleada por 8 a 2 para o Bayern de Munique, que eliminou a equipe da Champions League.

No entanto, ele conta que a relação com parte do elenco já estava muito deteriorada.

Em fevereiro do ano passado, em entrevista ao jornal espanhol "Sport", o ex-jogador afirmou que a demissão de ErnestoValverde havia acontecido por conta de problemas internos.

"O problema não era resultado. Era um problema interno, de grupo. Um problema de treinamentos, de filosofia de jogo. Nunca é fácil tomar a decisão, principalmente na metade da temporada, mas temos que pensar no melhor para o clube. Muitos jogadores não estavam satisfeitos, mas também não trabalhavam muito", lembrou.

A declaração do então dirigente causou desconforto no Barcelona, e resultou em uma posição inesperada de Messi. Em sua conta no Instagram, o argentino rebateu esta declaração de Abidal, e cobrou responsabilidade do francês.

"Sinceramente não gosto de fazer essas coisas, mas acho que cada um tem que ser responsável pelo seu trabalho e assumir suas decisões. Somos [jogadores] os primeiros em reconhecer quando não estivemos bem. Os responsáveis da área da direção esportiva devem assumir suas responsabilidades e as decisões que tomam. Para finalizar, acho que quando se fala de jogadores, deveria dar os nomes porque senão estão sujando a todos nós e alimentando coisas que não se devem dizer e não estão corretas", disse na época.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!