Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » Atrás das grades!

Ex-Atlético Mineiro é condenado por 14 anos de prisão após assédio contra afilhada

Marido de Larissa Riquelme teve sua sentença divulgada após dias de julgamento

SportBuzz Digital Publicado em 30/08/2019, às 11h58

None
Jonathan Fabbro e Larissa Riquelme (Crédito: Reprodução/Instagram)

Acabou nesta sexta-feira, 30, o julgamento de Jonathan Fabbro, ex-jogador de futebol, conhecido por passagens no Atlético Mineiro, River Plate e Boca Juniors, sem falar na Seleção Argentina, a qual já defendeu em algumas ocasiões.

O atleta, de 37 anos, teve decretada a pena de 14 anos, referente à acusação de estupro contra sua afilhada, na época em que a menina tinha de 5 a 11 anos de idade. Atualmente, com 13 anos, a garota carrega sérios problemas decorrentes dos atos protagonizados por Fabbro.

Segundo peritos, a vítima "apresentava sintomas associadas à vitimização sexual, como baixo rendimento acadêmico, depressão, ansiedade, culpa, vergonha e hostilidade".

A polêmica veio à tona quando um dos tios da criança presenciou algumas conversas suspeitas entre a vítima e o padrinho. Após uma série conversa entre a família, a jovem revelou que havia sido abusada sexualmente por Jonathan.

Em cárcere privado desde o ano passado, quando recebeu um mandado de prisão, ainda no México, o marido de Larissa Riquelme foi extraditado para Buenos Aires, onde aguardou seu julgamento ainda em reclusão.

Por mais que o pedido da acusação fosse uma pena de 24 anos, o resultado final foi avaliado com 10 anos a menos, mas, mesmo assim, os familiares se encontram dispostos a recorrer para que a pena seja mais intensa, assim como a defesa tentará algumas saídas para recorrer a decisão tomada.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!