Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram Sportbuzz
Futebol » Libertadores

Relembre as batalhas mais emblemáticas da Libertadores

Diversos confrontos ficaram marcados por muita rivalidade e alguns passaram dos limites!​

SportBuzz Digital Publicado em 25/08/2019, às 09h33

None
- Taça Libertadores da América (Crédito: GettyImages)

Quando citamos o nome da Copa Libertadores da América, muita coisa passa pela cabeça dos amantes do futebol. Palavras como raça, obsessão, sonho e batalhas são recorrentes no instante em que o torneio é mencionado.

Desde o seu surgimento, em 1960, o campeonato conhecido por reunir grandes potências de todo continente americano já deu muito o que falar nos holofotes das mídias esportivas.

Conhecida por trazer à tona algumas características marcantes do futebol latino americano, como costumamos ver na Argentina, Uruguai e Chile, a Conmebol resolveu unir as rivalidades que já tomavam conta das seleções e criar um dos torneios mais acirrados da história do esporte.

Tendo em vista toda a disputa e vontade por representar seus respectivos países, os clubes chegaram a protagonizar instantes marcantes na história do futebol mundial. Desde partidas emblemáticas, até mesmo batalhas dentro de campo, que precisaram da ajuda da polícia para serem encerradas.

Recorde os jogos que ficaram marcados para sempre na história da competição! 

1) Estudiantes de La Plata e Grêmio

Grêmio x Estudiantes de La Plata (Crédito: Divulgação/Memória Globo)

 

Conhecido como um dos capítulos mais emblemáticos da competição, o jogo entre Grêmio e Estudiantes recebeu o título de Batalha de La Plata. O ano foi 1983 e os torcedores dizem até hoje que o clube brasileiro empatou a partida pela vida, afinal, desde o instante que desembarcaram em solos argentinos, os gremistas foram recebidos com muita pressão, até mesmo no hotel em que estavam hospedados.

Dentro de campo, além da delegação do Estudiantes, os craques jogaram contra todo um estádio, que até pedras arremessou contra a equipe visitante.

2) América e São Caetano 

São Caetano x América (Crédito: Reprodução/TV Globo)

 

Em 2004, o São Caetano chegou no auge de sua história e conquistou cenários jamais imaginados pelos torcedores. Na Libertadores, quando carimbaram a classificação para as quartas de final, contra o América do México, no Estádio Azteca, os jogadores tiveram que se livrar de um verdadeiro linchamento no fim da partida.

3) Corinthians x River Plate

Corinthians x River Plate (Crédito: Reprodução/TV Globo)

 

Em 2006, o Pacaembú recebeu uma batalha bem expressiva. Buscando o título, que até então era inédito na história do clube, o Corinthians viu o sonho ir ralo a baixo após perder por 3x2 para os hermanos. Com o resultado negativo, os torcedores alvinegros quebraram as divisórias das arquibancada do estádio para invadir o campo, logo a polícia interviu para acalmar os ânimos.

4) Internacional e Chivas Guadalajara

Internacional x Chivas
(Crédito: Reprodução/TV Globo)

 

A nova era do Internacional vivia um dos momentos mais incríveis da história do clube, reflexo disso foi o bicampeonato da América. Com atuações impecáveis de Rafael Sobis, Taison, Luiz Adriano e companhia, o colorado venceu as duas partidas da final contra o Chivas, do México.

Antes de levantar a taça, os jogadores tiveram outra batalha, além dos 180 minutos de jogo. Com os ânimos exaltados, os mexicanos resolveram protagonizar uma briga e tanto.

5) Fluminense x Argentinos Jr

Fluminense x Argentinos Jrs (Crédito: Reprodução/TV Globo)

 

Um dos jogos mais esperados do torneio em 2011 foi a partida final do Grupo que tinha Fluminense e Argentinos Jr, ambos lutavam para seguir no torneio. Após uma bela partida, o clube brasileiro venceu por 4 a 2 e carimbou o passaporte para as oitavas de final. Os argentinos não aceitaram o resultado e acabaram fechando o tempo e causando uma grande pancadaria.

6) Santos x Peñarol 

Santos x Peñarol (Crédito: Reprodução/Globo Esporte)

 

A grande final do torneio que consagrou a nova era dos Meninos da Vila, comandados por Neymar Jr e Paulo Henrique Ganso, não foi tão fácil quanto parece. Após um empate no Uruguai e uma vitória por 3x2 no Pacaembú, os uruguaios não digeriram o resultado muito bem... Além do título, o resultado foram algumas cenas lamentáveis entre os jogadores!

7) Boca Juniors e River Plate

Boca Jrs x River Plate (Crédito: Reprodução/FOX Sports)

 

Quando falamos de clássico, não podemos deixar de fora o famoso Boca e River. Donos de uma das maiores rivalidades do mundo, as equipes argentinas se encontraram inúmeras vezes no torneio.

Por mais que a final de 2018 tenha sido emblemática após ataques ao ônibus do Boca Juniors e a decisão acontecesse na Europa. Em 2015, eles passaram dos limites.

O vestiário com a equipe do River Plate foi atacado com quantidades absurdas de gás lacrimogênio. Depois disso, a equipe da Lá Bombonera ficou um bom tempo sem disputar o campeonato.

8) Palmeiras x Peñarol

Palmeiras x Peñarol (Crédito: Reprodução/TV Globo)

 

Uma das confusões mais recentes aconteceu em 2017, ainda na fase de grupos. Após um jogo eletrizante em São Paulo, com virada, expulsão e muita confusão, o clima ficou ainda pior após a vitória palmeirense no Uruguai. Cenas fortíssimas marcaram a batalha, tanto nas arquibancadas, quanto dentro de campo. Felipe Melo que o diga!