Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

Escalação da Seleção Brasileira: Tite tem indefinição para jogo contra o Chile

Tite ainda não sabe com quem poderá contar para jogar no setor esquerdo da Seleção Brasileira contra o Chile

Redação Publicado em 01/07/2021, às 18h56 - Atualizado às 19h11

Tite deve promover mudança na escalação da Seleção Brasileira contra o Chile - Lucas Figueredo/CBF
Tite deve promover mudança na escalação da Seleção Brasileira contra o Chile - Lucas Figueredo/CBF

Nesta sexta-feira, 2, no estádio Nilton Santos, a Seleção Brasileira encara o Chile pelas quartas de final da Copa América. Tite comandou o seu último treino antes da decisão contra os rivais sul-americanos, mas ainda segue com uma indefinição para o setor da lateral esquerda. 

Contando com Renan Lodi e Alex Sandro, o treinador da Seleção Brasileira ainda não sabe com qual dos dois poderá contar. O primeiro se recuperou de uma lesão no quadril, sofrida contra o Equador, enquanto o segundo não treina desde terça-feira, 29, pois sente dores musculares na coxa. 

Desta forma, caso Alex Sandro não consiga ficar a disposição de Tite, a tendência é de que Renan Lodi seja o titular da Seleção Brasileira contra o Chile. Além disso, o técnico canarinho fez mistério no treinamento desta quinta-feira, 1, e não deu pistas de sua escalação para as quartas de final da Copa América. 

Uma possível escalação da Seleção Brasileira contra o Chile é: Ederson, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi (Alex Sandro); Casemiro, Fred e Everton Ribeiro (Lucas Paquetá); Gabriel Jesus, Neymar e Richarlison.

SELEÇÃO BRASILEIRA TERÁ NOVIDADE NO JOGO!

O técnico Tite promoveu uma mudança na Seleção Brasileira neste sábado, 26. Com lesão no joelho direito, o zagueiro Felipe foi cortado e Léo Ortiz, do Red Bull Bragantino, foi chamado para a vaga. O defensor do Atlético de Madrid não tem condições de se recuperar a tempo para disputar a Copa América.

Será a primeira vez de Léo Ortiz defenderá o Brasil. O zagueiro de 25 anos entrou em campo pelo Massa Bruta em 23 partidas na atual temporada. Ele vai se apresentar na próxima terça-feira, 29, para a disputa das quartas de final da Copa América.

 

“Vestir a camisa da Seleção é emocionante, é inspirador, por todos que estão lá e por todos que já defenderam ela também. Ser convocado para a Seleção Brasileira é umas das maiores honras da minha carreira. Da minha vida”, escreveu Léo Ortiz nas redes sociais.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Léo Ortiz (@leortiz33)

 

O zagueiro é o primeiro jogador do Bragantino a ser convocado para a Seleção Brasileira desde 1993. Na época, o então treinador Carlos Alberto Parreira chamou Alberto Félix para um amistoso.

Para o setor, Léo Ortiz vai se juntar a Marquinhos, Thiago Silva e Éder Militão. É o segundo corte na zaga da Seleção Brasileira neste período de competições. Em maio, Lucas Veríssimo, do Benfica, se lesionou e foi substituído por Felipe.

Felipe sofreu uma lesão parcial no ligamento colateral externo durante o treino da seleção no último dia 16 de junho. Uma ressonância magnética confirmou que o zagueiro do Atlético de Madrid não se recuperaria a tempo.

Invicto, o Red Bull Bragantino é o líder do Campeonato Brasileiro, com 14 pontos. Na próxima segunda-feira, 28, o Massa Bruta defende a liderança contra o Atlético-GO, pela sétima rodada da competição.

A Seleção Brasileira volta a campo neste domingo, às 18h (de Brasília), contra o Equador, pela quinta e última rodada do Grupo B da Copa América. O Brasil confirmou o primeiro lugar da chave e já está classificado às quartas de final.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!