Sportbuzz
Testeira
Futebol / VAPO!

Emocionado, Gerson se despede do Flamengo e projeta retorno: "Espero voltar"

Nesta quarta-feira, 23, Gerson fez o último jogo com a camisa do Flamengo

Redação Publicado em 23/06/2021, às 21h32

Gerson fez o último jogo com a camisa do Flamengo - Marcelo Cortes / Flamengo / Flickr
Gerson fez o último jogo com a camisa do Flamengo - Marcelo Cortes / Flamengo / Flickr

Na noite desta quarta-feira, 23, o Flamengo venceu o Fortaleza e se recuperou na disputa do Brasileirão. Porém, a partida ficou marcada pela despedida de Gerson, que fez seu último jogo com a camisa do time carioca.

Já vendido ao Olympique de Marselha, Gerson vem recebendo diversas homenagens desde o início da semana. E durante o jogo não foi diferente. No primeiro gol de Bruno Henrique, os jogadores repetiram a conhecida comemoração do volante: “Vapo”.

 

 

Logo após o jogo, Gerson abriu o coração e falou sobre a despedida do Flamengo. Bastante emocionado, o volante citou o amor que sente pelo rubro-negro para mensurar a dor que a saída do clube vem causando.

A gente nunca pensa em se despedir. Uma das coisas mais difíceis que tem no mundo é se despedir de pessoas, de coisas que tu ama. Quando se despede de um amigo, de um familiar...”, iniciou Gerson em entrevista ao canal Premiere.

“Imagina se despedir do clube que quando você era criança sempre torceu, chorou na derrota, sorriu na vitória, e um dia tem a oportunidade de vestir a camisa. Imagina o que é ter que se despedir, o que passa pela cabeça”, completou.

SONHO E RETORNO

Ainda na mesma entrevista, Gerson relembrou a relação que tinha com o Flamengo antes de vestir a camisa do clube. Além disso, o volante projetou um possível retorno ao rubro-negro no futuro da carreira.

Sempre tive o sonho de jogar no Maracanã. Ver o telão me agradecendo, o time do meu coração me agradecendo por, na minha cabeça, pouca coisa, mas para milhares de torcedores muito grande. Fiquei aqui pouco tempo. Só tenho que agradecer tudo que vivi. Agradecer meus companheiros, meu staff, a assessoria... no Flamengo, você não vai só trabalhar, é uma família. Então, se despedir é difícil, deixar pessoas que você convive e ama”, falou Gerson.

“Agora, eu voltei a ser torcedor. Nunca escondi isso de ninguém. Diria para o Gerson ser feliz, conquistar os sonhos, os objetivos e um dia voltar. Espero um dia voltar e ser recebido de braços abertos”, concluiu.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!