Sportbuzz
Testeira
Futebol / CAMPEONATO INGLÊS

Em grande partida, United vence City fora de casa e encerra sequência invicta do rival

United marca no início de cada tempo, segura pressão no fim e vence clássico de Manchester

Redação Publicado em 07/03/2021, às 14h40 - Atualizado às 14h41

Em grande partida, United vence City fora de casa e encerra sequência invicta do rival - GettyImages
Em grande partida, United vence City fora de casa e encerra sequência invicta do rival - GettyImages

O Manchester United superou o Manchester City por 2 a 0 neste domingo, 7, pela 27ª rodada do Campeonato Inglês. Bruno Fernandes (pênalti) e Luke Shaw marcaram no início de cada tempo e garantiram a vitória no Etihad Stadium.

O resultado encerrou a série de 21 vitórias consecutivas e a invencibilidade que durava desde novembro do City. Foi a primeira vez desde a derrota para o Tottenham, naquele mês, que o time de Pep Guardiola não sofria dois gols na mesma partida. Mesmo com a derrota, a equipe segue na liderança da Premier League, com 65 pontos.

O United chegou ao 22º jogo em sequência sem perder fora de casa no Campeonato Inglês. Os Red Devils reassumiram a vice-liderança da competição, agora com 54 pontos. 

O City teve a posse de bola e criou mais chances no primeiro tempo, mas o United que foi superior na partida e levou a melhor com um ótimo início de jogo.

Os Red Devils abriram o placar com pênalti batido por Bruno Fernandes após falta sofrida por Martial. Quando os donos da casa pressionaram, o time de Ole Solskjaer conseguiu se segurar bem. No início do segundo tempo, Luke Shaw ampliou e confirmou o placar da vitória.

O Manchester City volta a campo na próxima quarta-feira, 10, às 15h (de Brasília), contra o Southampton. Já o Manchester United recebe o Milan na quinta-feira, 11, às 14h55, pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga Europa.

O JOGO

O clássico de Manchester já começou agitado. Logo no primeiro minuto da partida no Etihad Stadium, Martial foi derrubado por Gabriel Jesus dentro da área, e o árbitro não teve dúvidas em marcar o pênalti. Bruno Fernandes foi para a cobrança, bateu no canto direito de Ederson (que chegou a tocar na bola) e abriu o placar para o United: 1 a 0.

Os Red Devils iniciaram a pressão nos momentos iniciais do jogo. Shaw aproveitou um vacilo na saída de bola de Cancelo dentro da área, roubou a bola e chutou rasteiro, no meio do gol, quase ampliando a vantagem do United.

Aos 15 minutos, Rashford recebeu passe de Fred, girou e finalizou forte, mas viu a boa defesa de Ederson.

O City passou a crescer na partida na metade do primeiro tempo. Aos 22, Sterling fez fila dentro da área adversária, carregou a bola e procurou espaço para chutar. O atacante caiu no lance, mas nada foi marcado. No minuto seguinte, Zinchenko, de fora da área, mandou uma bomba e o goleiro Henderson fez uma bela defesa.

Antes do intervalo, o time de Guardiola ainda teve duas chegadas com Gündogan, que aproveitou uma sobra de bola e chutou rasteiro, e com Gabriel Jesus. Neste último lance, De Bruyne virou o jogo para Mahrez, que avançou e bateu cruzado pela direita. O atacante brasileiro se esticou e quase alcança a bola para empatar.

O United chegou ao segundo gol no início do segundo tempo. Em contra-ataque, Shaw levou a bola desde o meio campo, tocou para Rashford, que devolveu para o lateral dentro da área bater cruzado e rasteiro. A bola passou por baixo das pernas de Rodri: 2 a 0.

Os goleiros passaram a brilhar ainda mais na partida. Aos seis minutos, Sterling recebeu pela esquerda, ajeitou e chutou para o gol, mas Henderson agarrou. Aos 22 minutos, foi a vez de Ederson salvar o City: Martial aproveitou a sobra dentro da área e finalizou com qualidade, em direção ao canto esquerdo, mas o arqueiro brasileiro alcançou a bola.

O City repetiu o primeiro tempo e pressionou o United na parte final do segundo tempo. Aos 29 minutos, Foden, que entrou no lugar de Gabriel Jesus, recebeu toque rasteiro de De Bruyne, girou dentro da área e bateu de canhota, para fora.

Aos 33, Sterling furou após grande passe de Walker. Seis minutos depois, o atacante desperdiçou outro bom cruzamento de De Bruyne. Stones ainda teve uma chance pelo City, após o meio-campista belga cobrar escanteio e Gündogan desviar, mas não alcançou a bola.

Placar final: 2 a 0 para o Manchester United.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!