Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » Novidade!

Em apresentação, Mano Menezes fala sobre passado no Corinthians e pressão da torcida

Técnico comandou uma coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira, 5

SportBuzz Digital Publicado em 05/09/2019, às 13h11

Mano Menezes
Mano Menezes - Reprodução/TV Palmeiras

Na tarde desta quinta-feira, 5, Mano Menezes foi apresentado oficialmente como técnico do Palmeiras. Em coletiva de imprensa no Centro de Treinamento do verdão, o novo comandante não teve papas na língua e respondeu todas as questões levantadas pelos jornalistas, até mesmo as mais polêmicas.

O primeiro assunto que veio à tona foi a pressão que o clube passa neste exato momento, tendo em vista a sequência de resultados negativos tanto no Campeonato Brasileiro, quanto na Copa Libertadores da América.

“Quando eu recebi o convite para dirigir o Palmeiras, certamente levei em consideração todos os aspectos. Não podemos fazer aquilo que não é da nossa alçada fazer, só podemos modificar isso de dentro para fora. Não precisamos fazer milagre nenhum, o que temos de qualidade de elenco, estrutura, são questões propicias para entregar o que o torcedor quer o objetivo do torcedor é o mesmo que o nosso. Faremos nossa parte, o Palmeiras é muito maior que essas questões”, disse Mano.

Afirmando que se entregará de corpo e alma ao projeto, Menezes ainda falou que não acha certo comparações entre seu estilo de trabalho e Felipão, tendo em vista o fato de que cada treinador possui sua filosofia de jogo e que a dele será construída conforme o trabalho com o elenco.

“Seria bem fácil dizer que jogo diferente do Felipão. Seria um desrespeito com o Felipão, e não faria isso. Ele escolheu uma maneira de jogar que vinha dando certo, mas o futebol produz algumas coisas inexplicáveis que não permite a sequência. Logo logo vocês vão ver a maneira escolhida para o time jogar”, pontuou o comandante.

Por fim, ele, que estreia em campo na partida contra o Goiás, no próximo sábado, 7, entrou em um assunto bem delicado, que foi sua passagem pelo maior rival do verdão, o Corinthians. 

“Estamos em 2019. Certas discussões, certas questões, fazem parte de um tempo mais para trás. O mundo está mais globalizado. Na medida em que as coisas se tornam mais próximas, acontecem com mais naturalidade. Muitos profissionais já fizeram esse caminho, e quero fazer parte do grupo dos profissionais que tiveram sucesso no Palmeiras”, finalizou o técnico.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!