Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » POLÊMICA!

Em análise do VAR, Vasco indica 'impedimento incontestável' de Dourado na partida contra o Internacional; saiba mais!

Clube reiterou o pedido de impugnação do jogo válido pelo Brasileirão

Redação Publicado em 25/02/2021, às 14h29

Jogadores do Vasco em campo na partida contra o Internacional
Jogadores do Vasco em campo na partida contra o Internacional - GettyImages

Nesta quinta-feira, 25, a diretoria do Vasco reforçou, e está confiante na ideia de impugnar a partida diante do Internacional pelo Campeonato Brasileiro e que terminou em 2 a 0 para o Colorado.

O clube recebeu a análise do material audiovisual feito pela CBF referente ao VAR do jogo entre Vasco e Internacional.

No entendimento do clube carioca, as linhas traçadas pela equipe que coordenava o equipamento e a comunicação entre técnicos da cabine, o árbitro de vídeo e o juiz de campo deixam claro o impedimento de Rodrigo Dourado no primeiro gol do Internacional.

De acordo com o site "Globo Esporte", chamou atenção dos profissionais do Vasco envolvidos na apuração que depois do quarto minuto do vídeo de 5min16s, uma das pessoas que trabalhavam na operação do VAR afirma assertivamente: "Pode definir".

Isso se dá justamente após uma linha vermelha ser traçada sobre o ombro de Dourado, do Inter, e outra azul no pé de Ricardo Graça, do Vasco.

Em contato com a reportagem do site esportivo, o Vasco afirmou que tem em mãos um "Material fático e probatório" que servira para apoiar a manifestação jurídica que será encaminhada ao STJD ainda nesta quinta-feira, 25, caracterizando o que chamam "Erro de direito" contra o clube.

O pedido do Vasco

Depois de anunciar que buscaria a impugnação ainda no dia 14, em coletiva concedida logo após o apito final, o Vasco entrou com o pedido no dia 16, onde também pedia o material audiovisual do VAR.

A resposta da CBF demorou e o Vasco só teve acesso às imagens no dia 19, quando Carlos Roberto Osório (1º Vice-Presidente) e Luiz Mello (CEO do clube) foram recebidos por Leonardo Gaciba, chefe da comissão de arbitragem da entidade que controla o futebol nacional.

Os dirigentes deixaram a CBF certos de que havia o impedimento, mas precisavam da prova documental para anexar ao processo. Na noite da mesma sexta-feira, o STJD determinou que a CBF entregasse o material ao Vasco.

Depois disso, o conteúdo audiovisual só chegou às mãos do Vasco na terça-feira e após longa análise, o departamento jurídico do clube definiu sua estratégia para impugnar a partida. Se conseguir, o Vasco pode voltar a ter chances de permanecer na elite do futebol.

Confira a nota divulgada pelo Vasco na íntegra:

"O Club de Regatas Vasco da Gama confirma que recebeu, na noite desta terça-feira (23), material de áudio e vídeo do VAR referente à partida Vasco da Gama x Internacional, realizada no dia 14/02/2021, válida pela 36ª rodada do campeonato brasileiro de futebol.

O conteúdo audiovisual foi analisado pelos departamentos de Futebol, Jurídico e de Tecnologia do Clube. As imagens mostram de maneira incontestável a posição de impedimento do jogador Dourado do Internacional no lance em questão, prejudicando o Vasco da Gama de forma irreparável na partida. Mais ainda, mostra que as linhas do VAR foram aplicadas e confirmaram o impedimento, reconhecido inicialmente pelo árbitro de vídeo, que, em seguida, de maneira açodada e temerária, confirma o gol ilegal do Internacional.

Esse material fático e probatório será utilizado na manifestação jurídica do Vasco a ser entregue nesta quinta-feira (25/02) ao STJD, provando de maneira clara e objetiva o erro de direito contra o Vasco, cujo resultado não pode ser outro, além da impugnação da partida.

Na sua manifestação junto ao STJD hoje o Clube reforçará a solicitação do conteúdo do VAR anterior ao apito inicial (pré-jogo) que até o momento não foi disponibilizado".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!