Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » RECOPA SUL-AMERICANA!

Cinco expulsões e confusão: Eliminação do Palmeiras na Recopa pelo Defensa y Justicia é marcada por problemas

Jogo decisivo, que acabou com o Defensa y Justicia campeão da Recopa diante do Palmeiras teve clima tenso

Redação Publicado em 15/04/2021, às 06h48

Jogador do Palmeiras e do Defensa y Justicia na partida da Recopa
Jogador do Palmeiras e do Defensa y Justicia na partida da Recopa - GettyImages
Além da derrota do Palmeiras para o Defensay Justicia na decisão da Recopa Sul-Americana, que aconteceu nesta quarta-feira, 14, o jogo foi marcado por um clima tenso entre as equipes dentro e fora de campo.
 
Um dos motivos dessa tensão foi a arbitragem confusa do árbitro uruguaio LeodanGonzález. O Defensay Justicia levou o título nos pênaltis depois de vencer por 2 a 1 no tempo normal.
 
Depois de ter um jogador expulso de cada lado, sendo Viña e BraianRomero, o Verdão recebeu mais três cartões vermelhos. Eles, inclusive, foram para o preparador físico MarcoAurélioSchiavo, o auxiliar Vitor Castanheira e o gerente de futebol CíceroSouza
 
Já fora de campo, as duas equipes se estranharam no túnel do estádio em Brasília.
 
A confusão aconteceu já na prorrogação, depois da vitória dos argentinos no tempo normal, por 2 a 1, mesmo placar do triunfo palmeirense na Argentina. Tudo começou enquanto o árbitro analisava no VAR o pênalti feito pelo goleiro Unsaín em Rony.
 
Romero foi expulso por reclamação, assim como Castanheira e Cícero, já que o banco palmeirense ficou irado pelo fato de LeodánGonzález não marcar imediatamente a falta dentro da área.
 
O atacante do Defensay Justicia saiu rapidamente para o vestiário, enquanto começava uma briga entre os reservas das duas equipes, controlada logo depois.
 
Viña foi expulso aos 23 minutos do segundo tempo depois da análise do árbitro de vídeo. Em uma disputa de bola no campo de ataque, o lateral-esquerdo acertou o pé nas costas de Meza e por isso recebeu o cartão vermelho.
 
No último domingo, 11, quando enfrentou o Flamengo pela Supercopa, o Palmeiras também viveu momentos tensos no túnel do vestiário do Mané Garrincha.
 
Depois de uma troca de ofensas entre o auxiliar Alviverde JoãoMartins e o vice-presidente de futebol Rubro-Negro MarcosBraz, houve troca de agressões no local e naquela oportunidade, Abel foi expulso.

 
 
 
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!