Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

Edilson Capetinha, ex-Corinthians, se manifesta sobre atitude polêmica de torcida do Palmeiras

Edilson Capetinha jogou por Corinthians e Palmeiras e teve rosto retirado em foto do time campeão de 1993

Redação Publicado em 14/06/2021, às 18h00 - Atualizado às 18h17

Edilson Capetinha, ex-Corinthians, comentou sobre atitude polêmica de torcida do Palmeiras - GettyImages
Edilson Capetinha, ex-Corinthians, comentou sobre atitude polêmica de torcida do Palmeiras - GettyImages

No última sábado, 12, o Corinthians visitou o Palmeiras no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro, e as duas equipes ficaram no empate de 1 a 1. No entanto, algumas faixas deixadas pela torcida alviverde no estádio despertou a atenção de todos, especialmente de Edilson Capetinha, que viu seu rosto ser apagado da foto do time campeão de 1993. 

 

Nas redes sociais, o ex-atacante, que jogou no Corinthians e também no Palmeiras, se manifestou e deixou clara a sua insatisfação com a atitude dos torcedores do Verdão. Em texto, o comentarista do programa "Jogo Aberto" ressaltou que, embora uma parte da torcida não goste dele, nada vai apagar as conquistas que ele teve pelo clube alviverde. 

"Mesmo vocês fazendo isso eu me orgulho muito em ter vestido essa camisa tão grande do futebol mundial. Palmeiras, clube que me deu a oportunidade de ser conhecido no mundo inteiro, muitos títulos conquistados com muita dedicação e suor", escreveu. 

Ele ainda seguiu: "Sempre fui um profissional grato a todos os clubes que passei, principalmente a quem abriu as portas no início da minha carreira. Se um dia fiz algo de errado, peço desculpa a todos os torcedores e diretoria. Quanto a ser corintiano, foi uma opção, escolha e tem que ser respeitada. Nada apaga uma história".

CONFIRA A PUBLICAÇÃO DE EDILSON CAPETINHA!

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Edilson Capetinha (@edilsonjogador)

Vale lembrar, que com a camisa do Palmeiras, Edilson Capetinha foi bicampeão paulista e brasileiro nos anos de 1993 e 1994. Além disso, o ex-atacante também levou o torneio Rio-São Paulo pelo clube alviverde. Depois disso, seguiu para o Japão e depois voltou para jogar no Corinthians. 

Pela equipe de Parque São Jorge, o ex-jogador se tornou um dos maiores ídolos da história do Timão. Na passagem pelo time alvinegro, o atleta venceu duas vezes o Brasileirão, um Mundial de Clubes e também um Campeonato Paulista.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!