Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

É tudo isso mesmo? Após marcar Haaland, zagueiro de Gibraltar dispara: "Eu esperava mais dele"

Aymen Mouelhi analisou a atuação da estrela do Borussia Dortmund, que passou em branco na disputa das Eliminatórias

Redação Publicado em 26/03/2021, às 13h11

Haaland, jogador do Borussia Dortmund
Haaland, jogador do Borussia Dortmund - GettyImages

Quando nos deparamos com os grandes nomes do futebol mundial, é natural que todo jogador tenha vontade de atuar ao lado, ou contra essas estrelas. Uma dessas oportunidades acontece durante a disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, disputada nesta semana.

Nela, Cristiano Ronaldo, por exemplo, está presente, assim como a estrela do Borussia Dortmund, Haaland. No entanto, as vezes pode ser pela mudança de clima, ou falta de ritmo, mas os atletas acabam não rendendo aquilo que estamos acostumados a ver.

E foi exatamente isso que aconteceu na partida pelas Eliminatórias entre Noruega e Gibraltar.

No confronto, Haaland passou em branco e não fez jus à expectativa tanto de seus fãs como dos adversários.

Esse foi o caso do zagueiro AymenMouelhi, titular no confronto da última quarta-feira, 24. O jogador do Saint Joseph's, clube da primeira divisão de Gibraltar, afirmou em entrevista à rádio "Onda Cero" que achou que teria mais trabalho diante do norueguês.

"Acho que ele foi um dos mais perigosos (que enfrentou). Mas eu esperava mais dele ontem. Muitos pensaram que contra Gibraltar, por ser um time pequeno, ele faria quatro ou cinco gols", disse.

Apesar da atuação apagada de Haaland, a Noruega confirmou seu favoritismo na partida e venceu por 3 a 0, mas sem um gol do astro, que estava vivendo uma sequência impressionante com a camisa do Borussia Dortmund, com 11 gols nos últimos 10 jogos.

Mouelhi ainda exaltou o trabalho defensivo de Gibraltar na tentativa de neutralizar o grande craque da seleção rival.

"Estes tipos de jogadores são de alto nível, quando você tem que enfrentar um desses tem que se preparar muito. Sabemos que ele gosta de espaço, tentamos não dar espaço, porque é muito rápido e forte. Tem que se estar concentrado não no tamanho dele, mas na rapidez, pois faz um movimento e te deixa perdido. Você tem que falar com os laterais, com o companheiro de zaga", destacou.

Questionado se teve tempo de conversar com Haaland ou mesmo se pediu a camisa do astro do futebol mundial, o zagueiro indicou que não teve contato com o adversário ao fim do jogo, já que ele foi substituído no começo do segundo tempo.

"Não falei com ele, não tive tempo. Não pedi (a camisa). Ele foi substituído, e quando terminou o jogo, todos saíram. E eu não iria correr atrás", finalizou.


 
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!