Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » MUNDIAL 2011

Durval relembra dificuldade para marcar Messi: "Dei uns carrinhos nele. Valeu a pena"

Ex-zagueiro contou momentos vividos no Santos de 2011 e afirmou que equipe era uma máquina no futebol brasileiro

Guilherme Assumpção Publicado em 24/01/2020, às 18h32

Santos foi goleado por 4 a 0 pelo Barcelona
Santos foi goleado por 4 a 0 pelo Barcelona - GettyImages

Após anunciar sua aposentadoria do futebol, Durval decidiu relembrar a disputa do Mundial de Clubes no ano de 2011. O brasileiro atuava pelo Santos e não conseguiu evitar a goleada sofrida pelo clube da Vila Belmiro.

O ex-zagueiro foi um dos responsáveis por tentar parar o craque Lionel Messi. Em entrevista ao site Globo Esporte, Durval relembrou a dificuldade que teve para marcar o argentino.

“Não marquei né, tentei marcar. É muito difícil, é um cara diferenciado, não é à toa que ele é não sei quantas vezes melhor do mundo. Mesmo assim, eu dei uns carrinhos nele. Valeu a pena. Não só o Messi (era difícil marcar), mas o time do Barcelona completo. Naquela época, eu acho que era uma máquina. Era difícil”, confessou Durval.

O Barcelona de Guardiola era conhecido por sua grande troca de passes e qualidade absurda de seus jogadores. Mesmo com o resultado negativo, Durval não guarda frustrações daquela partida.

“Vamos ter que enfrentar, vamos enfrentar. Não tinha como fugir. Pena que não conseguimos, mas era muito difícil. Todo mundo sabia que era muito difícil, apesar de que nosso time era bom para caramba. Mas pegar o Barcelona, naquele momento, não era boa coisa não. Acho que frustração não fica. Porque era muita diferença, não tinha como ficar frustrado. Acho que da maneira que em 2011 nós jogamos aqui no Brasil, para o Brasil a gente era uma máquina, mas ir lá para Europa pegar um Barcelona, se bater com o Barcelona era muito difícil”, contou o ex-jogador.

Nem só de derrotas viveu o Santos de 2011. O time campeão da Libertadores encantava a todos e Durval revelou a maneira que o elenco atuava. Para ele, a mescla de juventude e experiência foi muito importante para as conquistas da equipe na temporada.

“Eles jogavam espontaneamente, como a molecada joga. E os mais velhos que seguravam o tranco, tipo eu, o Edu, o Leo. Eles bagunçavam tudo lá na frente e a gente segurava. Eles tinham liberdade de fazer tudo que queriam dentro de campo. Era uma diversão. Nosso time, o Santos, era uma coisa que era bom e bonito se ver. Me senti honrado de participar daquele grupo”, concluiu Durval.


5 itens que todo torcedor do Santos precisa ter!

1- Livro Maquete 3D Estádio Vila Belmiro - https://amzn.to/32uyv6G

2- Jogo com 2 Baralhos do Santos na Lata - https://amzn.to/2BkYzp7

3- Camisa Umbro Santos 2018 - https://amzn.to/31x4p1n

4- Garrafa do Santos com Canudo Retrátil  - https://amzn.to/31oCIYh

5- Necessaire Santos - https://amzn.to/32EVlbK

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!