Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Dunga avalia trabalho de Ramírez no Internacional e dispara: "Precisa ter respeito pela história"

Dunga disse que a troca de conhecimento é fundamental, mas que Ramírez precisa avaliar o grupo para montar uma estratégia de jogo para o Internacional

Redação Publicado em 07/06/2021, às 06h21

Ramírez, treinador do Internacional tem seu trabalho avaliado por Dunga
Ramírez, treinador do Internacional tem seu trabalho avaliado por Dunga - GettyImages

Se a situação de MiguelÁngelRamírez no Internacional já estava recheada de pressão dos torcedores, depois da goleada sofrida para o Fortaleza, por 5 a 1, a forma como treinador está levando a equipe passou a ser analisada também pelo ex-técnico da seleção, Dunga.

De acordo com informações do site "Globo Esporte", em um áudio que circula nos grupos de mensagens, Dunga indica que o espanhol precisa ter mais respeito pelo ambiente que o acolheu.

Dunga ainda recorda o histórico do clube e os rendimentos de jogadores que caíram de produção neste período. Em contato com o site "Globo Esporte", o treinador confirmou a veracidade do áudio.

"Está em uma cidade que tem dois campeões mundiais. Como professor, precisa respeitar o país que abriu as portas. Com o Abel, Edenilson e Patrick jogavam muito, Yuri era artilheiro e Cuesta o melhor zagueiro do Brasil. Esses jogadores não estão jogando. Não adianta falar em Ferrari se não sabe dirigir a Ferrari", disse o treinador.

Dunga falou que, quando você tem o dia a dia, a avaliação é diferente. O profissional precisa entender as características de cada atleta e buscar uma forma que se encaixe com o grupo. Além disso, ele também citou a necessidade de se aprofundar no contexto do local de trabalho.

"Temos que ser humildes e aprender. Mas você precisa ter respeito pela história. Ser inteligente é trabalhar com o material que tem e tirar o melhor deles. O treinador brasileiro trabalha com o que tem. Você precisa entender. O que o futebol gaúcho pede? Preciso fazer o que a torcida pede, não o que eu penso", contou Dunga.

O capitão do tetra elogiou o trabalho de JorgeJesus no Flamengo e o futebol que o time apresentava, mas que seguiu a rotina de taças após a chegada de RogérioCeni. E voltou a elogiar a passagem mais recente de Abel, quando deu espaço aos garotos.

"No ano assado, não tinha plantel, jogador novo, nada. O Abelão chegou, botou os guris e rodou o plantel. Não falamos sobre isso. O Abelão fez um baita trabalho. É uma crítica que a imprensa pensar. Quando estrangeiro ganha, é bom. Quando perde, falta plantel. O Abel achou jogador da base, Praxedes, Caio", avaliou o treinador.

Enquanto a pressão só aumenta, Ramírez tenta encontrar o melhor caminho. Nesta quinta-feira, 10, o técnico busca confirmar a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil diante do Vitória. A partida será disputada às 21h30 (horário de Brasília) no Beira-Rio.

Como ganhou por 1 a 0 em Salvador, os gaúchos podem até empatar que se classificam às oitavas de final. Caso percam por um gol de diferença, a decisão será nos pênaltis. Derrota a partir de dois gols de diferença elimina o Internacional.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!