Sportbuzz
Testeira
Futebol / LIBERTADORES!

Dudu define Libertadores como obsessão, e fala da chance de marcar seu nome no Palmeiras: "Pelo resto da vida"

Dudu disse estar mais maduro depois da sua passagem no futebol do Catar, e que agora pode fazer a diferença no elenco do Palmeiras na decisão da Libertadores

Redação Publicado em 12/11/2021, às 09h07

Dudu, jogador do Palmeiras comemorando pela Libertadores - GettyImages
Dudu, jogador do Palmeiras comemorando pela Libertadores - GettyImages

Dia 27 de novembro está chegando cada vez mais rápido para o torcedor do Palmeiras, que vai ver seu time disputando diante do Flamengo, a decisão da Libertadores. Com 330 jogos, seis títulos, recordes pessoais e a idolatria da torcida, Dudu é um dos jogadores que provavelmente estarão em campo em Montevidéu e pode fazer a diferença na finalíssima.

 

Em entrevista exclusiva ao site "Globo Esporte", Dudu falou sobre a chance de marcar seu nome na história do Palmeiras com a conquista da Libertadores, além de reforçar que desta vez está bem mais maduro, depois de uma passagem no futebol do Catar, para ajudar o elenco a conquistar um dos principais objetivos da temporada.

"Temos uma grande chance no dia 27 de entrar cada vez mais pra história do clube. Espero que a gente possa dar esse passo tão importante para entrar na história do clube e ficar marcado pelo resto da vida", disse antes de completar.

"Sei que tenho uma importância dentro do clube, conquistando títulos desde 2015, fiz por merecer o carinho do torcedor. Procuro defender a camisa com unhas e dentes. Espero que quando eu parar de jogar, eu tenha as portas abertas aqui no Palmeiras, ser reconhecido, ter o carinho da torcida, é isso que levamos pra vida", concluiu.

Dudu, que inclusive foi o destaque da classificação Alviverde nas quartas de final da competição continental, contra o rival São Paulo, e autor do gol contra o Atlético-MG, na semifinal, que colocou o Verdão na decisão. Hoje, o sentimento dele com esse gol externa um pouco da obsessão do atacante pelo título da Libertadores.

"O gol significa muito, estou desde 2015 aqui, sempre tem o sonho de chegar em uma final de Libertadores, disputar um título de Libertadores... Em 2018 perdemos na semi para o Boca. Foi mais um alívio de falar que agora consegui chegar. Mas não basta só chegar na final, tem que chegar, fazer um grande jogo e conquistar o título", disse.

Vale lembrar que Dudu participou da campanha do título da Libertadores de 2020, e por conta disso já é considerado campeão pelo clube. Na oportunidade, ele atuou em duas partidas, contra Tigre e Guarani, antes de ser emprestado ao Al Duhail, do Catar. Apesar disso, o próprio jogador afirma que o sentimento agora é completamente diferente.

"Joguei dois jogos, se falar que fui campeão, eu fui por ter participado e ajudado em poucos jogos. Mas sei que tenho que ser campeão jogando, ajudando o time, estando no dia a dia do clube, e isso não pude participar no ano passado. Este ano posso participar, ajudando, fiz gols na semi e nas quartas, espero fazer na final também. Se não fizer, quem quer seja que faça o gol, que a gente conquiste o título", apontou.

Tendo passado pouco menos de um ano longe do Palmeiras, durante o empréstimo ao Al Duhail, do Catar, o jogador diz que esse período foi fundamental para seu amadurecimento. Apesar de ter mudado bastante, a única coisa que se manteve foi seu sentimento pelo clube.

"Acho que estou tranquilo, a gente sabe o motivo que me levou a ir para o Catar, tive os problemas fora do Palmeiras. Eu voltei tranquilo, em paz, mais maduro, mais cabeça... Foi pouco tempo, menos de um ano, mas deu para refletir, pensar bem certinho, ficar bem tranquilo", destacou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!